Cosme Rímoli Comentarista xinga Vitinho de 'mer...', no ar. Fla ameaça processo

Comentarista xinga Vitinho de 'mer...', no ar. Fla ameaça processo

Gilson Ricardo, comentarista da Super Rádio Tupi, atacou o jogador na transmissão de Flamengo e Atlhetico. Ou ele se retrata ou será processado

  • Cosme Rímoli | Do R7

Comentarista ataca de maneira absurda Vitinho. O jogador responde. Pede respeito

Comentarista ataca de maneira absurda Vitinho. O jogador responde. Pede respeito

Flamengo

São Paulo, Brasil

51 anos de carreira não isenta ninguém de erros.

O comentarista e apresentador esportivo, Gilson Ricardo, de 71 anos, extrapolou de maneira lamentável, no microfone da Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro.

Ele estava comentando a partida Flamengo e Athletico Parananense.

Logo depois do goleiro Santos conseguir defender difícil arremate de Everton Ribeiro, Gilson Ricardo não se conteve.

"Tá vendo Vitinho, você que está agora no banco, viu como que é?

"Seu mer.., é isso."

Falta de respeito, ofensa absurda, gratuita.

A função do comentarista esportivo é analisar. E elogiar ou criticar, sempre respeitando o ser humano. O desempenho do jogador, do treinador, do árbitro é que deve ser avaliado.

A diretoria do Flamengo ficou revoltada com a postura do comentarista.

E o criticou de forma firme no twitter oficial do clube.

"O Clube de Regatas do Flamengo repudia veementemente as palavras utilizadas pelo radialista Gilson Ricardo, ao se referir ao atleta Vitinho. #CRF"

"A postura não condiz com a de um profissional experiente, com tantos anos de mercado. Como comunicador, deveria saber diferenciar crítica construtiva de xingamentos covardes.

Gilson Ricardo. Ofensa é diferente de crítica. Daí a postura do jogador e do Flamengo

Gilson Ricardo. Ofensa é diferente de crítica. Daí a postura do jogador e do Flamengo

Divulgação

"O Clube aguarda uma retratação de Gilson Ricardo e da
@radiotupi. #CRF."

E tomará medidas legais, caso não haja a retratação.

Os dirigentes entendem que precisam agir até para os demais jogadores se sentirem protegidos pelos dirigentes.

E que nenhum jornalista ou comentarista terá o direito de ofendê-los sem que o clube reaja.

O jogador ficou também profundamente ofendido.

Respondeu nas redes sociais.

Foi muito firme e soube expor a situação, sem ofender o comentarista.

"As críticas fazem parte da vida do profissional e aprendi a conviver com elas. Principalmente no futebol, onde a paixão, muitas vezes, prevalece sobre o equilíbrio e sobre o bom senso. Sou meu maior critico, busco incessantemente evoluir. Reconheço que não estou no meu melhor momento. O remédio é o mesmo de outras vezes: o trabalho.

"Muita entrega para satisfazer o clube que defendo, os torcedores que represento, meus familiares e amigos e, em primeiro lugar, a mim. Num mundo em que incitação à violência, ao ódio e à falta de empatia estão no discurso do dia a dia e nas mídias digitais, nós, pessoas públicas, precisamos dar exemplo. As coisas vão melhorar.

"Vou seguir trabalhando forte, de cabeça em pé, com a minha fé em Deus, como sempre fiz e, principalmente, sem pisar ou desmerecer ninguém! Que o #RESPEITO prevaleça."

Vitinho deu sua resposta. A Gilson Ricardo. Exigiu o básico em todas as relações. Respeito

Vitinho deu sua resposta. A Gilson Ricardo. Exigiu o básico em todas as relações. Respeito

Reprodução

Colega da rádio Super Tupi, muito tradicional e ouvida no Rio, José Carlos Araújo, o "Garotinho", tentou amenizar a situação.

"Quem conhece o Gilson sabe o quanto ele é rubro-negro. Mais que isso: é pura emoção. Pelo Flamengo, ele é capaz de tudo, e, naquele momento, baixou o espírito do torcedor.

"Revoltado com a atuação infeliz do Vitinho, soltou o verbo ... Tenho certeza que não o fez por mal, mas, repito, por pura paixão de torcedor", disse ao portal Terra.

Só que a direção do Flamengo exige uma retratação do comentarista.

Ou da rádio.

Ou ameaça tomar medidas cabíveis.

Processo.

Seu atleta merece ser protegido, não pode ser exposto como foi.

Até hoje, dia seguinte ao jogo, às 10h30, nem o profissional e nem a Super Tupi se manifestaram.

Situação constrangedora.

E que precisa ser reparada.

Que Gilson Ricardo use sua experiência.

E assuma o pesado erro que cometeu...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Craques do Brasileirão! Saiba quem são os artilheiros do nacional

Últimas