Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Começa, para valer, o divórcio de Gabigol e Flamengo. Ele nunca mais usará a camisa 10. Para ironia do Corinthians

Direção ficou indignada ao saber ser verdadeira a foto de Gabigol tomando cerveja com a camisa do Corinthians. Já não há vontade de renovação por pedida altíssima e por Tite, que não quer o jogador. Artilheiro não usará mais a número 10 do Flamengo e foi multado

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window

Tirar a camisa 10 de Gabigol é mais do que simbólico. É o rompimento, o fim da confiança. O começo do divórcio

Não tem mais volta.

O clima azedou de vez entre Gabigol e Flamengo.

A direção rubro-negra ficou indignada com a constatação de que a foto mostrando o atacante, bebendo cerveja, com a camisa do Corinthians, é verdadeira.

O presidente Rodolfo Landim foi o mais irritado com a situação.

Publicidade

E autorizou os departamentos de futebol e o jurídico combinarem uma punição.

O máximo que um jogador pode ser punido por quebrar o regulamento interno de um clube é 10% dos salários.

Publicidade

A multa foi dada.

E o Flamengo também tirou um enorme privilégio do jogador.

Publicidade

A representativa camisa 10.

Ele tem o peso de ter sido consagrada por Zico.

Landim perdeu o mínimo de boa vontade que mantinha em relação ao artilheiro.

A postura da direção é contar cada vez menos com ele.

A rescisão é uma situação muito possível.

Tite segue com enorme rancor do atacante, tanto que o vê como um mero reserva.

Pouco importa se é o maior ídolo do Flamengo.

Se falam profissionalmente, quando não há saída.

O treinador já deixou claro à direção que Gabigol não faz falta.

O atacante contava com o apoio irrestrito da mídia carioca e da torcida.

Mas a atitude na descontraída noite na sua casa, tomando cerveja com a camisa nova do Corinthians, foi considerada, por Landim, como um ato descabido e de falta de consideração pelo Flamengo.

Lojas oficiais do Corinthians trataram de ironizar a situação.

Lojas oficiais do Corinthians ironizam Gabigol

E expondo a nova camisa do clube com o nome Gabriel, indicando que as camisas podem ser personalizadas.

Ou seja, enorme ironia pela atitude do jogador.

O estafe de Gabigol já procura clube para negociar o atleta.

Seu contrato termina no final do ano.

Dentro de duas semanas, 14 dias, poderá assinar com qualquer outra equipe.

Repórteres do Rio de Janeiro garantem que Gabigol ficou irritadíssimo com a exposição.

E entendeu o óbvio.

No Flamengo de Tite não há lugar para ele.

E o jogador também se cansou da maneira rígida como está sendo tratado.

Também quer ir embora...



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.