CBF mostra seu desprezo aos clubes. Calendário de 2021 é insano

Campeonatos se encavalam, para preservar os insignificantes Estaduais. Não haverá pré-temporada. Estaduais começam quatro dias após Brasileiro

CBF divulga o calendário do futebol brasileiro em 2021. Indecente acúmulo de jogos

CBF divulga o calendário do futebol brasileiro em 2021. Indecente acúmulo de jogos

CBF

São Paulo, Brasil

Se os dirigentes dos grandes clubes brasileiros tivessem o mínimo de coragem e união, rejeitariam o calendário que a CBF acaba de divulgar para 2021.

Para preservar os cada vez mais insignificantes Estaduais, com suas 16 preciosas datas, a CBF obriga os clubes à uma maratona insana de jogos.

Os torneios começam quatro dias após o final do Brasileiro de 2020.

Quatro dias!

O desrespeito chega a ser humilhação, quando se analisa que a Seleção Brasileira irá atuar ao mesmo tempo que é disputado o Campeonato Nacional.

Por 18 rodadas, das 38 do torneio, os clubes serão obrigados a ceder seus principais jogadores para a equipe de Tite, que disputará uma vaga na Copa do Qatar. E a Copa América, na Argentina e Colômbia.

Mais: ao mesmo tempo, acontecerão os jogos pela Copa do Brasil.

A vergonha fica ainda maior.

Não está previsto tempo para a pré-temporada.

Os atletas estarão submetidos a esta overdose de partidas sem estarem preparados fisicamente.

Há ainda a Libertadores, a Copa Sul-Americana.

Mundial de Clubes.

Copa América, na Argentina e Colômbia.

E, a cereja no bolo, a Olimpíada de Tóquio, com a disputa do futebol.

É um absurdo.

Convocações de Tite sabotarão muitos clubes durante 2021. Campeonatos não param

Convocações de Tite sabotarão muitos clubes durante 2021. Campeonatos não param

CBF

Mas os dirigentes se calam.

Se calam, são submissos.

Cúmplice desta insanidade.

Não têm força para criar uma liga e decidir seu destino, como acontece, por exemplo, na Inglaterra, com a Premier League.

Assim como os jogadores, com seus sindicatos sem representatividade.

Aceitam tamanho abuso.

Jogadores estarão sobrecarregados com excesso de jogos. Sem pré-temporada

Jogadores estarão sobrecarregados com excesso de jogos. Sem pré-temporada

Fluminense

Os insignificantes Estaduais.

De 28 de fevereiro a 23 de maio

Supercopa do Brasil

10 de março

Copa do Brasil (16 datas e oito fases)
10 de março a 27 de outubro

Eliminatórias para a Copa (10 datas)
25 de março a 16 de novembro

Copa América (31 datas)
11 de junho a 11 de julho

Brasileiro Série A (38 datas)
30 de maio a 5 de dezembro

Brasileiro Série B (38 datas)
29 de maio a 27 de novembro

Brasileiro Série C (26 datas)
30 de maio a 21 de novembro

Brasileiro Série D (26 datas)
30 de maio a 14 de novembro

A CBF divulgou oficialmente essa maratona.

Nenhum clube protestou.

Nenhum...

Fla, Palmeiras, São Paulo: veja novas camisas dos times do Brasileirão