Palmeiras

Cosme Rímoli Balada foi fatal para Ramires. Ideia da rescisão, antecipada pelo blog

Balada foi fatal para Ramires. Ideia da rescisão, antecipada pelo blog

No dia 15 de novembro, foi publicado aqui que o Palmeiras estudava rescindir com o jogador, pela farra em pleno auge da Covid. A rescisão veio ontem

  • Cosme Rímoli | Do R7

Ramires na balada. Em pleno auge da segunda onda da Covid. Situação insustentável

Ramires na balada. Em pleno auge da segunda onda da Covid. Situação insustentável

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

"Palmeiras contrata dois jovens de 19 anos.

"Estuda rescindir com Ramires"

Este foi o título de matéria publicada no blog, dia 15 de novembro.

O post antecipou em 12 dias, de forma exclusiva, o que aconteceu ontem.

A rescisão 'amigável' do jogador com o clube.

Veja também: Criticado pela torcida, Ramires rescinde contrato com o Palmeiras

Os motivos principais foram dois.

O vazamento de sua ida para uma casa noturna, lotada, sem máscara. Vídeos mostravam ele circulando pelo lugar, posando para fotos com garotos. 

Ou seja, o jogador de 32 anos completamente exposto em plena segunda onda da Covid.

A diretoria do Palmeiras ficou revoltada porque havia determinado um rígido protocolo aos seus atletas.

O exemplo que, aos 32 anos, o volante deu, acabou imperdoável.

Por coincidência, ou não, depois da farra de Ramires, os casos de Covid se ampliaram de forma incontrolável no Palmeiras. Ninguém do clube quis ligar publicamente a noitada com a dissiminação do vírus entre os atletas.

A assessoria de imprensa do clube se apressou a divulgar que Ramires teria sido multado.

"Multas em clubes é algo impossível de verificar. Muitas vezes, eu exagerei e clubes diziam na imprensa que eu tinha sido multado. E nunca fui", relembra Edmundo.

Mas enquanto prevalecia a versão oficial da multa, a diretoria, como o blog informou, estudava a rescisão.

Contratou, em silêncio, dois novos volantes. Com 19 anos e várias passagens nas Seleções Brasileiras de base. Jonathan, do Internacional. E Pedro Bicalho, do Cruzeiro.

Cosme Rímoli: Por medo de represálias, o São Paulo recua. Abre mão de novo jogo 

Ramires foi contratado a peso de ouro, em 2019. Foi um pedido de Felipão.

O veterano volante ex-Cruzeiro, Benfica, Chelsea, Jiangsu Suning. Disputou a Copa de 2010 e 2014. 

Ramires. Máscara para proteção da Covid no clube. Fora, balada

Ramires. Máscara para proteção da Covid no clube. Fora, balada

Cesar Greco/Palmeiras

Só que no Palmeiras, o jogador não demonstrou força física, velocidade, preenchimento de espaço, situações que o consagraram na carreira.

Chegou desgastado, lento, sem vibração.

Tinha, para piorar, um grave problema no músculo adutor da coxa esquerda, que demorou demais para ser curado.

Só fez seis partidas, em 2019.

As outras 36 que conseguiu fazer foram em 2020.

E com um contrato caríssimo até 2023.

Seu salário, mais luvas, ultrapassava R$ 1 milhão.

Quando começou para valer a temporada, em 2020, seu maior defensor, Luiz Felipe Scolari, havia sido demitido.

Ramires viu surgir Gabriel Menino, Patrick de Paula, jogadores para sua posição, com talento, vindos da base.

Seu futebol seguiu fraco.

O português Abel Ferreira, que tinha a imagem de Ramires no Benfica, ainda em 2009, e depois no Chelsea, de 2010 a 2015, acreditou que teria nas mãos aquele excepcional volante da época.

Viu que não.

Mas ainda tinha esperança de recuperá-lo.

"O patinho feio vai virar cisne", romantizou, depois da vitória de quarta-feira, diante do Delfín, no Equador, pelas oitavas da Libertadores. No jogo fácil, vencido por 3 a 1, Ramires marcou um gol contra.

Ramires. Mais um jogador caríssimo contratado por Alexandre Mattos

Ramires. Mais um jogador caríssimo contratado por Alexandre Mattos

Cesar Greco/Palmeiras

O descontentamento da diretoria seguia.

Abel Ferreira não teve força para reverter a dispensa.

E houve o encontro para a rescisão 'amigável' do contrato.

O Palmeiras antencipou parte que o jogador teria a receber.

O adeus foi anunciado no final da tarde de ontem.

Como o blog antecipou no dia 13 de novembro.

A rescisão foi consumada...

Veja o mundo esportivo em fotos marcantes no ano da pandemia

Últimas