Cosme Rímoli Atitude racista de Danilo Avelar obriga Corinthians analisar rescisão

Atitude racista de Danilo Avelar obriga Corinthians analisar rescisão

'Filho de uma rapariga preta', frase racista que Danilo Avelar usou em jogo online pode custar seu emprego no Corinthians. O presidente está muito pressionado

  • Cosme Rímoli | Do R7

Danilo Avelar é um jogador muito importante. Mas atitude racista vai contra a história do clube

Danilo Avelar é um jogador muito importante. Mas atitude racista vai contra a história do clube

Corinthians

São Paulo, Brasil

Encurralado.

É como está o presidente Duilio Monteiro Alves. Ele enfrenta a pressão das torcidas organizadas, conselheiros e diretores que o mantêm no poder.

Apenas o ex-presidente e atual diretor de futebol, Roberto de Andrade, acredita ser possível contornar a situação.

Mas o Corinthians jamais teve um jogador não só acusado, mas assumindo ter tido uma atitude racista, na sua história.

Por isso, o futuro de Danilo Avelar no clube está extremamente ameaçado.

Organizadas, conselheiros, diretores e até patrocinadores querem a rescisão do contrato do defensor de 32 anos.

Ele cometeu um ato que depõe contra a história do Corinthians, marcado por inúmeras manifestações antiracistas.

Se recuperando de uma operação delicada nos ligamentos cruzados do joelho direito, Danilo Avelar estava disputando uma partida de Counter Strike: Global Offensive na noite desta terça-feira. É um jogo, por computador, online.

É possível não só jogar, como comentar.

E Danilo Avelar escolheu o caminho do racismo para ofender um usuário.

"Fih (filho) de rapariga preta".

A frase racista ganhou as redes sociais. 

Não havia como Danilo Avelar desmentir que foi o autor da ofensa racista

Não havia como Danilo Avelar desmentir que foi o autor da ofensa racista

Reprodução

Não havia como o jogador dizer que não havia escrito.

A pressão para a rescisão começou logo pelas primeiras horas da manhã.

A Gaviões da Fiel emitiu uma nota exigindo a saída do jogador do Corinthians.

O defensor foi expulso da plataforma que utilizava para disputar as partidas online. Pela atitude racista.

A imagem do Corinthians e de seus patrocinadores foi exposta de maneira pesada demais.

O próprio departamento de marketing do clube está contra o atleta.

Torcedores comuns se juntaram nas redes sociais para exigir a saída imediata.

Os sorrisos de Duilio e de Danilo sumiram. Agora, prevalece a tensão. A pressão pela rescisão

Os sorrisos de Duilio e de Danilo sumiram. Agora, prevalece a tensão. A pressão pela rescisão

Corinthians

O presidente Duilio quis se certificar que era mesmo Danilo Avelar quem havia feito a ofensa.

Diante da confirmação, pelo próprio jogador, o presidente decidiu se reunir com Roberto de Andrade e o restante da diretoria. A punição, que pode ser multa, afastamento e até rescisão, será anunciada ainda hoje.

Danilo Avelar assumiu o gesto e pediu desculpas públicas.

"Fala, galera. Venho aqui falar para vocês sobre a injúria de conotação racial que tem rolado pelas redes sociais atrelada ao meu nome."

"Antes de mais nada, quero admitir o meu erro. O que eu escrevi durante a partida não condiz com o que penso e o que vou ensinar a meu filho."

"Todos sabem que eu jogo CS:GO e, em uma das partidas, fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça, mas, infelizmente piorei a situação: cometi o grave erro de escrever a um adversário uma frase de conotação racista."

"Errei, falhei e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo."

"Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral.

Gaviões se posicionou. Exige a 'demissão imediata' de Danilo Avelar

Gaviões se posicionou. Exige a 'demissão imediata' de Danilo Avelar

Reprodução/TV Cultura

"Este caso me abriu os olhos para este grave problema em nossa sociedade. A reflexão que fica é que devemos fazer mais para combater o racismo com vigor e urgência, sem brechas nem exceções."

"Também quero me desculpar com o Corinthians, uma instituição que desde sempre prega e luta pela igualdade, com a Fiel torcida e com meus companheiros de equipe."

"Reitero, uma vez mais, que meu histórico e meu caráter não condizem com o que escrevi e que estou disposto a crescer, melhorar e mudar."

"Abraços, Danilo Avelar."

Só que o pedido de desculpas não bastou. 

A pressão segue enorme para a rescisão.

O argumento dos que querem a saída de Danilo Avelar vai pelo mesmo caminho: um jogador do Corinthians não pode tomar uma atitude racista e seguir no clube.

Sylvinho contava com sua experiência para atuar como titular, daqui a um mês, quando deverá estar apto para voltar a jogar.

A decisão de Duilio deverá ser divulgada hoje...

Barcelona gastaria quase R$ 800 milhões para juntar Messi e CR7

Últimas