Cosme Rímoli Até nos bastidores, o Flamengo é outro patamar. Venceu 17 clubes e terá sua torcida no Maracanã

Até nos bastidores, o Flamengo é outro patamar. Venceu 17 clubes e terá sua torcida no Maracanã

O STJD não só liberou torcedores do Flamengo em partidas de torneios nacionais. Como ironizou, recomendou que os 17 clubes que tentavam impedir a torcida do Flamengo, que lutem para ter seus torcedores nos seus jogos

  • Cosme Rímoli | Do R7

Diretoria do Flamengo teve vitória importantíssima. Público liberado em torneios nacionais

Diretoria do Flamengo teve vitória importantíssima. Público liberado em torneios nacionais

Flamengo

São Paulo, Brasil

O Flamengo mostrou sua força nos bastidores.

Como o blog antecipou, a diretoria do clube carioca já comemorava a vitória no STJD contra o Grêmio e contra mais 16 equipes que queriam impedir que colocasse torcedores nos seus jogos.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Otávio Noronha, acaba de confirmar que o clube mais popular do Brasil está liberado para ter, de volta, e de forma definitiva, seus torcedores para competições nacionais.

Copa do Brasil e Brasileiro.

Na Libertadores, a Conmebol já havia liberado.

"Com efeito, a atuação da entidade de administração do desporto em suas deliberações acerca de medidas relacionadas ao combate à Pandemia COVID-19, deve ser pautada e limitada à luz das regras basilares do Estado Democrático de Direito e de fundamentos Republicanos do nosso sistema jurídico-constitucional.

"Não cabe em princípio, à Entidade de Administração do Desporto, se imiscuir e negar vigência à execução do conjunto de medidas adotadas pelo Estado, para a retomada gradual das atividades – inclusive com reflexos na economia – por lhe faltar, além de competência, o adequado respaldo técnico e a legitimidade atribuída aos governantes democraticamente eleitos", escreveu Noronha.

Traduzindo.

A decisão de proibir público nos estádios, por conta da pandemia de Covid-19, é dos governos de cada estado, cada município.

E como o Flamengo tem o respaldo da prefeitura do Rio de Janeiro para que tenha público amanhã, contra o Grêmio, pelas quartas da Copa do Brasil.

História encerrada.

No máximo seus torcedores podem estar em 35% das arquibancadas. Mas no domingo, contra o próprio Grêmio, pelo Brasileiro, 40% do Maracanã. E na próxima quarta-feira, dia 22, 50% do estádio municipal do Rio de Janeiro.

O presidente do STJD foi irônico. E recomendou aos clubes que, em vez de tentar proibir o Flamengo de jogar com torcedores, que procurem os tribunais para também conseguirem a liberação de público nos seus jogos.

"As Agremiações que se habilitaram como Terceiras Interessadas e rogam reconsideração, podem em querendo, igualmente vindicar a este Tribunal, como já o fizeram não somente o Flamengo, mas também o Clube Atlético Mineiro, o Cruzeiro, o Boa Esporte Clube, o União Esporte Clube, o Goiás, o Vila Nova e o Confiança, idêntica prestação jurisdicional", recomendou.

Felipão treinou. Sabia que o Grêmio não cumpriria a ameaça de não jogar contra o Flamengo

Felipão treinou. Sabia que o Grêmio não cumpriria a ameaça de não jogar contra o Flamengo

Grêmio

A ameça do Grêmio não jogar contra o Flamengo, caso tivesse público amanhã, no Maracanã, se confirmou. 

Não passou de ameaça.

O time estará normalmente no estádio amanhã.

Vitória importantíssima do Flamengo...

CR7 marca, mas United perde. Veja tudo sobre a Champions League

Últimas