Cosme Rímoli As baladas cobram o preço de Neymar. A barriga e o rosto inchado não são por acaso

As baladas cobram o preço de Neymar. A barriga e o rosto inchado não são por acaso

Ele já era criticado na França, por estar fora de forma, se irritou com a cobrança da imprensa brasileira por sua barriga. Baladas cobram seu preço. Ele fará 30 anos em fevereiro. O metabolismo não é o mesmo

  • Cosme Rímoli | Do R7

A 'camisa G' grudou na barriga de Neymar. Visivelmente fora de forma contra o Chile

A 'camisa G' grudou na barriga de Neymar. Visivelmente fora de forma contra o Chile

REUTERS/CLAUDIO REYES - 02/09/2021

São Paulo, Brasil

Artur foi uma ótima convocação de Tite.

Jogador versátil, atrevido, habilidoso, veloz. Merece estar na lista dos convocados que completam a Seleção, já que os que atuam na Inglaterra não puderam vir para os jogos das Eliminatórias, porque a CBF não negociou com a Premier League.

Mas Artur não tem representatividade suficiente para desviar o foco de Neymar.

Outra vez, ele consegue estar no olho do furacão.

Neymar sempre repetiu que faria de suas folgas o que quisesse. E continua fazendo

Neymar sempre repetiu que faria de suas folgas o que quisesse. E continua fazendo

Reprodução/Instagram

Pesado, com a barriga saliente, bochechas inchadas. Está visivelmente mais inchado, gordo do que o seu 'normal'. Pior do que isso, contra o Chile, se mostrou lento, sem a velocidade habitual, o que prejudicou seus dribles. Matou vários contragolpes. Era evidente seu cansaço faltando 15 minutos para a partida acabar. 

Mesmo assim, Tite, assumindo a dependência, o quanto é refém do jogador mais talentoso da atual geração, não tomou a atitude de substituí-lo. Como se fosse proibido. Ou sair poderia irritá-lo.

Tite sonha com a conquista do Mundial de 2022 para largar a Seleção Brasileira no auge. E para isso se submete a Neymar.

O jogador já cansou de dizer que ninguém tem nada a ver com o que faz fora dos gramados. Suas constantes festas que varam o dia seguinte, regadas a energéticos e bebidas, são problemas deles. E não afetam o seu desempenho em campo.

Ele age dessa maneira desde que saiu do Barcelona, que tem um rígido código de conduta, já que representa a região da Catalunha, que deseja ser independente da Espanha. 

São quatro anos de ótimo futebol. Mas de esbórnia. Suas folgas são aproveitadas ao extremo. Só que os anos pesam para todos os seres humanos. Até mesmo para Neymar. Em fevereiro de 2022, completará 30 anos.

O metabolismo de quem fica sem dormir, tomando vinho, cerveja, energético, cobra a conta.

A imprensa francesa já o criticou por estar acima do peso. Em março do ano passado, o L'Equipe fez matéria sobre o tema. No mês passado, foi flagrado em Ibiza, no seu iate. E nas fotos, sua barriga estava saliente. Na mão, um copo de bebida.

O físico franzino não existe mais.

Neymar tentando ironizar, disfarçar a barriga. Constragendor

Neymar tentando ironizar, disfarçar a barriga. Constragendor

Reprodução/Instagram

Na estreia de Messi no PSG, no domingo passado, jornais franceses criticaram a atuação de Neymar, muito lento, pesado em campo. Exatamente como ontem, em Santiago.

A diferença é que Mauricio Pochettino substituiu o jogador, aos 21 minutos do segundo tempo. O escolheu para dar lugar a Messi. Não foi por acaso.

Neymar, mais uma vez, ficou irritado com as críticas ao seu peso e o fraco futebol, ontem contra o Chile. 

Tentou ironizar nas redes sociais.

"Camisa era G. Tô no meu peso já. Próximo jogo peço camisa M. 

"Jogamos bem? Não! Ganhamos?

"Sim! Então fod...-se.

"Segue o baile. Seguimos fazendo história."

Mas a desculpa de Neymar virou chacota na Internet. 

Ganhou manchete nos noticiários esportivos.

E Tite, como o departamento físico da Seleção, se calam. Seguem dependentes de Neymar. Não assumem que ele chegou fora de forma.

A situação é patética. Todos que estão na Seleção, principalmente os companheiros do jogador, precisam fingir que está tudo normal. Ninguém se atreve a questionar o camisa 10. 

Tite deu entrevista hoje. 

E, segue se aprimorando em fugir das respostas direta. Foi perguntado sobre o rendimento (fraco) de Neymar (fora de forma).

"Todos os atletas ficam prejudicados em sua condição técnica no reinício. Não é algo só com ele. Todos, uns mais, outros menos", respondeu, de maneira constrangedora.

Está claro que há um pacto na Seleção, ninguém falará da barriga do camisa 10. 

Não é prudente.

Ele se tornou poderoso demais para o ambiente.

Neymar com as bochechas inchadas. Não têm nada a ver se a camisa é G ou M

Neymar com as bochechas inchadas. Não têm nada a ver se a camisa é G ou M

Reprodução/TNT

Neymar terá a chance de mostrar que estava usando camisa G neste domingo, em Itaquera, contra a Seleção da Argentina.

Atuará diante de Messi, que insiste em respeitar sua carreira.

Dentro e fora de campo...

Gabriel Neves é mais um! Relembre uruguaios na história do São Paulo

Últimas