Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

A pressão na Inglaterra é toda contra Antony. Afastamento do Manchester United pode ser o primeiro passo em direção à rescisão

Entidade que protege as mulheres inglesas comemora afastamento de Antony do Manchester United, por denúncias de agressões a três mulheres. A rescisão com o brasileiro se torna cada vez mais possível

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli


Antony passará a treinar sozinho. Manchester United o afastou das partidas e até dos treinamentos
Antony passará a treinar sozinho. Manchester United o afastou das partidas e até dos treinamentos

São Paulo, Brasil

A opinião pública inglesa não aceita Antony em campo.

Não enquanto não houver a total certeza de que ele não agrediu nenhuma das três mulheres que o acusam.

A atuante Women's Aid Federation of England deu seu apoio público ao afastamento do brasileiro das partidas e até dos treinos do Manchester United, anunciado hoje.

Publicidade

"Na Women’s Aid, saudamos a decisão de que, após graves alegações de abuso doméstico e violência contra as mulheres, Antony não retornará aos treinos ou jogos do Manchester United até novo aviso, à medida que esta situação for resolvida.

"A salvaguarda (das mulheres)deve ser sempre a prioridade."

Publicidade

Esse foi o aviso da associação criada em 1996 para proteger mulheres de agressões dos seus companheiros. 

A imprensa britânica foi unânime em apoiar a decisão da direção do clube inglês.

Principalmente depois da desconvocação do jogador da Seleção Brasileira.

As acusações de Gabriela Cavallin, Ingrid Lana e Rayssa de Freitas repercurtiram nos noticiários e, principalmente, nos tablóides sensacionalistas ingleses.

O jogador não teve outra alternativa a não ser aceitar o afastamento.

"Concordei com o Manchester United em tirar um período de ausência enquanto lido com as acusações feitas contra mim. Essa foi uma decisão mútua para evitar distrações aos meus companheiros e polêmicas desnecessárias para o clube.

"Quero reiterar minha inocência em relação às coisas de que fui acusado e vou cooperar completamente com a polícia para ajudá-la a chegar à verdade. Estou ansioso para voltar a jogar o mais rápido possível", declarou Antony.

Antony já não vivia uma boa fase no United. A imprensa inglesa o queria afastado até provar inocência
Antony já não vivia uma boa fase no United. A imprensa inglesa o queria afastado até provar inocência

O Manchester United pagou 100 milhões de euros, cerca de R$ 533 milhões, pelo brasileiro, em 2022, do Ajax.

Ele recebe, de acordo com a imprensa de Manchester, cerca de 15 milhões de libras por temporada. Cerca de R$ 93 milhões por temporada. São cerca de R$ 7,7 milhões por mês.

Gabriela Cavallin garante que, além de ter prestado queixa contra o jogador no Brasil, também procurou a justiça inglesa e o acusou de agressão, já que também alega ter apanhado do jogador em Manchester.

Há até a possibilidade de o clube inglês rescindir o contrato com Antony, caso ele não consiga provar sua inocência. Não só na Grã-Bretanha como também no Brasil.

Vale lembrar que o United não tolera acusações de agressões a mulheres por parte de seus jogadores.

O inglês Mason Greenwood, mesmo depois de provar que era inocente da acusação de tentativa estupro, foi emprestado para o pequeno Getafe, da Espanha.

Na Seleção Brasileira, Antony também não terá espaço.

Não enquanto não tiver resolvido toda a questão envolvendo as acusações de agressões.

Os jogadores e o técnico Fernando Diniz estão orientados para não mais tocarem no assunto, se forem perguntados nas coletivas de imprensa.

Antony tem contrato com a Puma. A empresa deve se pronunciar sobre as acusações contra o atacante
Antony tem contrato com a Puma. A empresa deve se pronunciar sobre as acusações contra o atacante

Resta saber qual a posição da Puma, empresa de materiais esportivos, que tem contrato milionário com o atacante.

O empresário do atleta, Junior Pedroso, tenta com advogados defender o jogador no Brasil e averiguar se Gabriela entrou mesmo na justiça inglesa contra o atacante.

Enquanto isso, Antony seguirá treinando fisicamente sozinho.

E a polícia brasileira continua as investigações.

O jogador deverá depor, dar sua versão oficial sobre as denúncias de agressão e cárcere privado, feitas pela ex-namorada.

A cúpula do Manchester United estuda o que fazer com o brasileiro.

A rescisão não é uma hipótese descartada.

Muito pelo contrário...

Antony, Daniel Alves, Cuca e mais: relembre atletas acusados de violência contra mulheres

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.