Cosme Rímoli Acabou a injustiça. Pedro na Copa do Mundo. Só depende da coragem de Tite para ser titular no Catar

Acabou a injustiça. Pedro na Copa do Mundo. Só depende da coragem de Tite para ser titular no Catar

Pedro demostrou em Paris o que todos sabiam, menos Tite. Sua convocação para a Copa do Mundo é mais que obrigatória. A questão agora é: o técnico do Brasil terá coragem de colocá-lo como titular?

  • Cosme Rímoli | Do R7

São Paulo, Brasil.

Acabou a injustiça.

Pedro está garantido na Catar.

A questão agora é outra.

Como colocar Pedro como titular do Brasil na Copa?

Essa é a pergunta mais constante envolvendo a seleção.

Ainda mais depois do gol, da movimentação, das opções a mais, contra a Tunísia, descontada a sua grande fragilidade.

O problema é Tite.

O treinador não abre mão de Fred, que é um jogador falho na marcação, lento na saída de bola, e que constrói muito pouco.

Virou mero coadjuvante de Casemiro.

Sem ele na equipe, Paquetá poderia recuar, como atuou diante de Gana, jogar como segundo volante, mais adiantado. 

Neymar atuaria ainda na articulação.

Raphinha, iluminado, na direita. Richarlison, incandescente, na esquerda. 

Com os dois alternando os lados, para confudir as defesas adversárias.

E Pedro atuando como referência na área.

O atacante flamenguista terá apenas os treinamentos em Turim, entre 15 e 19 de novembro. A chegada ao Catar, para a estreia, contra a Sérvia, no dia 24 de novembro, será cinco dias antes.

Ou seja, serão nove dias de treinos para a missão impossível de convencer Tite.

Porque Pedro estará na convocação oficial dos 26 atletas brasileiros para o Mundial, que acontecerá no dia 7 de novembro.

Repertório, agilidade, presença na área. Pedro tem tudo para ser fundamental. Depende de Tite

Repertório, agilidade, presença na área. Pedro tem tudo para ser fundamental. Depende de Tite

FRANCK FIFE / AFP

É mais do que garantido.

O atacante, muito festejado por seu gol, hoje, em Paris, se mostrou entusiasmado, pelo primeiro gol com a camisa da seleção principal. Mas deixou transparecer todo o seu sofrimento no Flamengo.

Primeiro, por não ser titular, brigar por uma posição com o ídolo Gabigol. Depois, pelo clube não o deixar disputar a Olimpíada de Tóquio, apesar de convocado. Só depois de Dorival Júnior, sua vida mudou, atuando como titular absoluto, ao lado de Gabriel Barbosa.

"Eu estou muito feliz com esse primeiro gol com a camisa da seleção. Espero que seja o primeiro de muitos. Agradecer a Deus e minha família, só eles sabem o que eu passei.

"Foram momentos difíceis. Agradecer também meus companheiros, que me receberam superbem também."

Pedro fez questão de colocar nas redes sociais o abraço com Neymar. Os dois se completam

Pedro fez questão de colocar nas redes sociais o abraço com Neymar. Os dois se completam

Reprodução/Twitter Pedro

Pedro não titubeou quando lhe perguntaram se acreditava que o gol que marcou hoje o garantiria no Mundial. O que não é verdade, já que Tite adiantou que havia se rendido ao talento do artilheiro.

"Foram momentos bons que passei treinando aqui, no primeiro jogo também, e estar nesse ambiente da seleção é sempre prazeroso. A gente tem que mostrar sempre, né, no dia a dia, nos treinos, nos jogos, como foi hoje, mas também continuar o trabalho no Flamengo.

"Continuar a evolução, procurar estar bem fisicamente, mentalmente e tecnicamente. Bem em tudo, para chegar bem e apto no final do ano para ser convocado."

Pedro deverá ter a companhia de Raphinha, Richarlison, Gabriel Jesus, Antony e Vinícius Júnior. Se Tite não tiver perdido tempo e levar um lateral direito apenas, Danilo, e deixar o veterano Daniel Alves, de 39 anos, que vive a pior fase da carreira, abrirá mais uma vaga no ataque. Rodrygo e Roberto Firmino são os mais sérios candidatos.

Tite foi apresentado ao potencial de Pedro com a camisa da seleção. Garantido na Copa

Tite foi apresentado ao potencial de Pedro com a camisa da seleção. Garantido na Copa

Reprodução/Twitter

O lugar do atacante do Flamengo está assegurado.

E não foi pelo gol de hoje.

Mas pelo seu excelente futebol, que mostra há anos.

Até que enfim Tite acordou...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas