Cosme Rímoli Abel comemora. Enquanto o Flamengo desaba, o Palmeiras cresce para a final da Libertadores

Abel comemora. Enquanto o Flamengo desaba, o Palmeiras cresce para a final da Libertadores

Sexta vitória seguida no Brasileiro. Com a recuperação de jogadores importantes como Scarpa e Rony. O Palmeiras ganha a confiança que precisava para enfrentar o Flamengo na decisão da Libertadores

  • Cosme Rímoli | Do R7

Scarpa. Assim como Rony, mais um jogador recuperado. Palmeiras cresce para a final da Libertadores

Scarpa. Assim como Rony, mais um jogador recuperado. Palmeiras cresce para a final da Libertadores

Cesar Greco/Palmeiras

São Paulo, Brasil

4 a 0 no Atlético Goianiense.

Sexta vitória seguida no Brasileiro.

Jogadores importantes recuperados, com Gustavo Scarpa e Rony.

Abel Ferreira não tem a menor pretensão em vencer o Campeonato Nacional. Sabe que é do Atlético Mineiro há muito tempo.

Só que o português conseguiu reverter uma situação que parecia muito difícil: a condição do Palmeiras chegar à final da Libertadores, daqui a 16 dias, muito inferior ao Flamengo. 

O favoritismo absoluto dos cariocas acabou.

Era essa sua meta. Usar o Brasileiro para passar confiança aos atletas e despertar no torcedor, na imprensa paulista, um clima favorável à decisão do torneio mais importante da América do Sul. E que classifica para o sonhado Mundial de Clubes.

"Meu orgulho é ver que estão comprometidos com se desafiarem e darem o melhor a cada jogo. A diferença que temos visto é a mentalidade desportiva, que eles se desafiam diariamente, isso se reflete no campo. Foi assim contra o Grêmio, sofremos um gol e mantivemos o foco nas nossas tarefas, impondo nosso jogo, sendo disciplinados com e sem a bola, desfrutando do jogo", dizia, mais do que empolgado.

Abel Ferreira não tocará no assunto.

Mas sabe o quanto é ruim o ambiente no Flamengo. Com o time de Renato Gaúcho se perdendo diante de adversários muito fracos. E também tem consciência que uma equipe, com os mesmos jogadores, não se transforma, da noite para o dia, para disputar outra competição. O técnico flamenguista jura que na final da Libetadores o futebol apresentado por seu time 'será outro'.

Abel Ferreira está 'orgulhoso'. Mas segue cobrando muito seus jogadores. Quer outra Libertadores

Abel Ferreira está 'orgulhoso'. Mas segue cobrando muito seus jogadores. Quer outra Libertadores

Cesar Greco/Palmeiras

Abel faz questão de não destacar nenhum jogador e comemorar o entrosamento entre sua ideia de futebol e o que os atletas mostram em campo. O que é fundamental para qualquer equipe vencedora.

'Já disse que futebol para mim é tempo e espaço, me enche de orgulho ver que esses jogadores cada vez mais sabem o jogo sem bola e coletivo. Eles perceberem que através do jogo coletivo, representamos a filosofia de jogo que eu acredito, é uma forma de estar na vida e no futebol, onde todos dependemos uns dos outros, todos somos um."

Ou seja, o Palmeiras está muito focado.

O Brasileiro serve para deixar o time pronto para a final da Libertadores.

Com testes reais, valendo três pontos.

Abel Ferreira sabe que deu um parte importantíssimo para o seu maior desejo.

Ganhar a Libertadores duas vezes em um mesmo ano.

Uma façanha histórica...

Bruninho, hostilizado na Vila, ganha carinho dos jogadores do Santos

Últimas