Cosme Rímoli A virada de Gabriel Jesus. De criticado a fundamental

A virada de Gabriel Jesus. De criticado a fundamental

O atacante tem certeza que, como ganhou a Olimpíada em 2016, tem tudo para conquistar a Copa América, no domingo. E dar uma virada no City

Gabriel Jesus Messi, Copa América, Tite, Brasil

Gabriel Jesus. Gol, assistência e coragem para enfrentar argentinos

Gabriel Jesus. Gol, assistência e coragem para enfrentar argentinos

Reprodução/Twiitter

Belo Horizonte, Brasil

"A nossa caminhada nesta Copa América está sendo muito parecida com a da Olimpíada.

"Nós fomos vaiados agora como fomos nos primeiros jogos de 2016. Mas sabíamos tanto na Seleção Olímpica como agora, na principal, que iríamos dar a volta por cima.

"E trouxemos também a torcida para o nosso lado.

"Estamos fazendo a mesma coisa.

"Espero que o final seja também igual".

A análise mais do que otimista é de Gabriel Jesus.

O jogador foi campeão olímpico no Rio de Janeiro, em 2016, ganhou a inédita medalha de ouro.

Agora quer a conquista da Copa América, na final marcada para domingo.

Mas ele deseja muito mais.

Se firmar como atacante titular da Seleção.

E para isso, precisa marcar gols.

Como o que fez hoje no Mineirão.

"Estou feliz com o gol em uma competição oficial. Mas eu quero deixar bem claro que estou muito mais satisfeito com o desempenho do time. Não ganho ou perco jogo sozinho. 

"Gol é importante, mas o desempenho da equipe é conta."

Ele estava sério após a partida.

Sabia que havia até o cálculo dos minutos que passou em jejum.

724 minutos.

"Eu quero é valorizar e muito a jogada do segundo gol. Eu tive espaço para o contragolpe e parti para cima dos zagueiros argentinos. Sei que tomei uns pontapés, mas procurei não cair. Isso é importante, porque sabia que a defesa deles estava desarrumada. 

"Fiquei em pé e vi o Firmino livre. E dei o toque para ele fazer. A equipe saiu muito forte depois dessa vitória. É isso que importa"

Tite estava orgulhoso.

Sabia que sua aposta em Gabriel Jesus havia dado certo.

Apesar de toda a cobrança por não marcar gols em jogos oficiais.

Justo na partida mais importante depois da Copa do Mundo, o atacante deu a resposta que Tite sonhava.

E também calou muitos críticos na imprensa.

Foi fundamental na vitória.

Marcou o gol e deu a assistência excelente para Firmino.

Gabriel Jesus teve uma temporada fraca na Europa.

Reserva no Manchester City.

Mas tem uma certeza.

Tudo que está fazendo na Copa América refletirá com Pep Guardiola.

E poderá voltar com moral elevada para se tornar titular absoluto do City, uma das grandes metas da carreira.

Para isso, precisa ser campeão de novo.

No mesmo cenário da Olimpíada.

O Maracanã...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Brasil bate Argentina e se garante na final da Copa América. Veja fotos