Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rimoli Copa 2018
Publicidade

"Se Neymar não quiser contato, não jogue futebol." Layun, o 'carrasco'

Lateral mexicano diz que 'mal encostou' em Neymar. Não aceita ser chamado de violento. Rafa Marquez o apoia e compara Neymar a um ator

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

O 'carrasco' mexicano se defende. "Mal encostei no Neymar. Pisei sem força"
O 'carrasco' mexicano se defende. "Mal encostei no Neymar. Pisei sem força" O 'carrasco' mexicano se defende. "Mal encostei no Neymar. Pisei sem força"

Samara, Rússia

O lateral Miguel Layun estava revoltado após a vitória do Brasil, que eliminou o México na Copa. Mas muito mais com Neymar. Ele está sendo perseguido nas redes sociais, chamado de carrasco, por haver pisado no brasileiro.

Na zona mista, sua chegada provocou uma revolução. Foi cercado por repórteres do mundo todo querendo saber o que havia acontecido. Porque ele tinha agredido o brasileiro.

"Eu não aceito as cobranças. Não fiz nada demais no Neymar. Todo mundo sabe como ele age. Eu não pisei forte nele. O Neymar provocou uma cena incrível, sem nada ter acontecido. Para enganar o juiz. Isso é ruim para o futebol. Se o Neymar não gosta de contato físico, deve fazer outra coisa da vida. Não jogar futebol. Não fiz nada. As pessoas estão falando demais", desabafou.

Publicidade

Layn foi perseguido por jornalistas brasileiros, querendo detalhes do que aconteceu com Neymar. E porque ele havia pisado no brasileiro. Ele não quis dar mais explicações.

Para os mexicanos, o lateral do Porto, emprestado ao Sevilla falou.

Publicidade

"Não sou violento. Não fiz nada. As imagens mostram que mal encostei nele. Todo mundo viu o que aconteceu."

O veterano capitão do México, Rafael Marquez, falou em defesa de Layn.

"Não aconteceu absolutamente nada. O Miguel não fez nada. Os brasileiros é que precisam saber porque o Neymar finge mais do que um ator. É algo que não tem explicação. Um jogador tão talentoso, um dos melhores do mundo. Mas que precisa ficar enganando árbitros, tentando obter vantagem com mentiras. Ele não precisa disso..."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.