Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Top 20: saiba os salários dos técnicos dos 20 times da Série A

Estrangeiros ocupam as três primeiras colocações; Rogério Ceni, recém-contratado no Bahia, aparece na parte de cima da lista

Blog do Nicola|Do R7 e Jorge Nicola

Fernando Diniz é o técnico brasileiro mais bem pago do país graças aos dois empregos
Fernando Diniz é o técnico brasileiro mais bem pago do país graças aos dois empregos Fernando Diniz é o técnico brasileiro mais bem pago do país graças aos dois empregos

Com o moral de quem passou por Corinthians e Flamengo, Vitor Pereira disse nas últimas horas que trabalhar no futebol brasileiro é missão das mais difíceis. Mas poucas ligas no mundo têm treinadores com salário tão alto quanto o Campeonato Brasileiro. O blog ouviu dirigentes dos 20 integrantes da Série A e levantou o ranking com os vencimentos dos comandantes.

Aqui vão algumas observações importantes. Os três primeiros lugares são de estrangeiros: os portugueses Abel Ferreira e Bruno Lage, além do argentino Jorge Sampaoli. Por sinal, os R$ 2,8 milhões por mês pagos pelo Palmeiras a Abel fazem dele a figura com o salário mais alto de todos os tempos no futebol nacional.

O primeiro brasileiro no ranking é Fernando Diniz, com um detalhe curioso: ele só conseguiu ultrapassar Dorival Junior e Renato Gaúcho depois que acumulou empregos no Fluminense, onde ganha R$ 800 mil mensais, e na seleção brasileira, com mais R$ 500 mil.

Recém-contratado pelo Bahia, Rogério Ceni assinou o maior contrato de sua vida. O pacote que inclui, além dele, quatro auxiliares será de R$ 1,2 milhão. O treinador ficará com R$ 1 milhão apenas para ele. O restante será dividido entre seus assistentes.

Publicidade

Já o menor salário é o de Wesley Carvalho, que continua com os mesmos R$ 50 mil mensais dos tempos em que era apenas auxiliar técnico no Athletico. Nem o fato de ser interino desde 16 de junho lhe garantiu algum reajuste. 

RANKING DOS SALÁRIOS NA SÉRIE A DO BRASILEIRO:

Publicidade

1º Abel Ferreira (Palmeiras): R$ 2,8 milhões por mês

2º Sampaoli (Flamengo) e Bruno Lage (Botafogo): R$ 2 milhões

Publicidade

4º Fernando Diniz (Fluminense e CBF): R$ 1,3 milhão 

5º Dorival Junior (São Paulo) e Renato Gaúcho (Grêmio): R$ 1,2 milhão

7º Rogério Ceni (Bahia): R$ 1 milhão

8º Coudet (Internacional) e Felipão (Atlético-MG): R$ 700 mil

10º Luxemburgo (Corinthians), Ramon Diaz (Vasco) e Vojvoda (Fortaleza): R$ 500 mil

13º Diego Aguirre (Santos): R$ 400 mil

14º Antonio Oliveira (Cuiabá): R$ 300 mil

15º Pedro Caixinha (Red Bull): R$ 290 mil

16º Fabián Bustos (América): R$ 280 mil

17º Armando Evangelista (Goiás): R$ 200 mil

18º Zé Ricardo (Cruzeiro): R$ 180 mil

19º Thiago Kosloski (Coritiba): R$ 100 mil

20º Wesley Carvalho (Athletico): R$ 50 mil

De formato de crocodilo a trem atravessando o campo: confira os 10 estádios mais diferentões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.