Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sampaoli e mais 2 jogadores do Fla pagam elenco inteiro do Olimpia

O Rubro-Negro foi eliminado da Libertadores por um time paraguaio cuja folha salarial é muito menor

Blog do Nicola|Do R7 e Jorge Nicola

Everton Ribeiro em ação contra o Olimpia; capitão do Fla ganha R$ 1,2 milhão por mês, valor que equivale a 1/4 de toda a folha do time paraguaio
Everton Ribeiro em ação contra o Olimpia; capitão do Fla ganha R$ 1,2 milhão por mês, valor que equivale a 1/4 de toda a folha do time paraguaio Everton Ribeiro em ação contra o Olimpia; capitão do Fla ganha R$ 1,2 milhão por mês, valor que equivale a 1/4 de toda a folha do time paraguaio

A eliminação do Flamengo para o Olimpia tem sido tratada como um fiasco. Mas o impacto é ainda pior diante da diferença financeira entre os clubes. O Rubro-Negro tem o elenco mais caro da América do Sul e desembolsa mais de R$ 30 milhões por mês, incluindo salários de jogadores e comissão técnica. Já o time paraguaio tem custo inferior a US$ 1 milhão (R$ 4,9 milhões) por mês.

Isso significa que os salários de Sampaoli, Gabigol e David Luiz, somados, bancam todo o departamento de futebol do Olimpia, e ainda sobram cerca de R$ 200 mil. É que Sampaoli embolsa R$ 2 milhões por mês, Gabigol fatura R$ 1,6 milhão, enquanto David Luiz fica com R$ 1,5 milhão.

A disparidade não termina aí. Hoje, o atleta mais bem pago do elenco do Olimpia é Richard Ortiz, capitão do time e autor do segundo gol na vitória por 3 a 1 contra o Flamengo. O volante tem direito a US$ 70 mil mensais, que equivalem a R$ 342 mil. Vinte e um atletas do elenco rubro-negro ganham mais do que Ortiz.

Rodrigo Caio, que não entra em campo desde 23 de abril, por opção de Sampaoli, engorda sua conta bancária em R$ 800 mil mensais entre salários, direitos de imagem e luvas. O Fla ainda conta com dez atletas com vencimentos superiores a R$ 1 milhão/mês.

Vale lembrar que esse elenco extremamente caro já colecionou cinco decepções em 2023: foi vice na Supercopa do Brasil (derrota para o Palmeiras), vice na Recopa Sul-Americana (derrota para o Independiente del Valle) e vice no Carioca (derrota para o Fluminense), além da eliminação na semifinal do Mundial de Clubes (derrota para o Al-Hilal) e da queda nas oitavas de final da Libertadores para o Olimpia.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.