Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Na mira do Vasco, artilheiro do Carioca estava desempregado e com o risco de ser preso

Carlinhos deu a volta por cima e tem oito gols em oito partidas pelo Nova Iguaçu; ele marcou contra Bota, Flamengo e Vasco

Blog do Nicola|Do R7 e Jorge Nicola

Carlinhos só não marcou em um dos oito jogos que disputou pelo Carioca de 2024
Carlinhos só não marcou em um dos oito jogos que disputou pelo Carioca de 2024 Carlinhos só não marcou em um dos oito jogos que disputou pelo Carioca de 2024 (Arquivo pessoal)

Poucos jogadores do futebol brasileiro conseguiram uma guinada tão impressionante quanto Carlinhos, atacante de 27 anos do Nova Iguaçu. Artilheiro do Campeonato Carioca com oito gols em oito jogos, ele foi sondado nos últimos dias por Vasco, Goiás, Guarani e dois times do exterior. Detalhe: um ano e meio atrás, sua carreira quase acabou.

Carlinhos estava desempregado, morando em uma comunidade e com dificuldade para pagar a pensão alimentícia. "Ele é a prova de que todo ser humano pode se recuperar", explica Jefferson Batista, empresário que se tornou um "pai" para o atacante quando ele bateu no fundo do poço.

"O Carlinhos havia se deslumbrado com a fama, a noite... e se perdeu", confessa Jefferson, lembrando que o centroavante foi o artilheiro da Copa São Paulo de juniores de 2017 pelo Corinthians, com dez gols. Depois disso, ganhou quatro anos de contrato com o Timão, com salários de R$ 60 mil mensais no último ano do vínculo.

Sem foco e depois de se recusar a aceitar acordo com empresários indicados por gente da diretoria, Carlinhos foi emprestado a diversos clubes e não se firmou em nenhum. "A reviravolta aconteceu depois que fizemos um trabalho de mentoria, cuidando do físico e do psicológico. Hoje, ele é um dos principais atacantes em atividade do futebol brasileiro", completa o agente.

Publicidade

Carlinhos se casou, zerou suas pendências com a mãe do seu filho, não tem mais dívidas e pode se orgulhar de ter marcado gol em todos os grandes do Rio que enfrentou no Carioca de 2024: dois gols no Botafogo, um no Flamengo e outro no Vasco - ele não enfrentou o Fluminense.

Seus direitos econômicos estão presos ao Nova Iguaçu pelos próximos dois anos e é enorme a chance de ele se mudar para um time maior ao fim do Estadual. 

Carlinhos ao lado do empresário Jefferson Batista e de seus dois filhos
Carlinhos ao lado do empresário Jefferson Batista e de seus dois filhos Carlinhos ao lado do empresário Jefferson Batista e de seus dois filhos (Arquivo pessoal)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.