Blog do Nicola Leila diz a conselheiros que aposta na permanência de Abel

Leila diz a conselheiros que aposta na permanência de Abel

Presidente do Palmeiras justifica sua impressão devido ao silêncio do treinador português, pretendido pelo Al-Sadd, do Catar

Leila tem Abel Ferreira como seu principal escudo no Palmeiras desde que foi eleita

Leila tem Abel Ferreira como seu principal escudo no Palmeiras desde que foi eleita

Cesar Greco/Palmeiras

A pergunta do milhão no Palmeiras é sobre o futuro de Abel Ferreira. Neste sábado (2), após a inauguração do reformado complexo aquático alviverde, bancado pela Crefisa, Leila Pereira reuniu alguns conselheiros e conversou a respeito dos planos para 2024.

A presidente do Palmeiras admitiu que ainda não tem uma posição oficial do treinador. E é isso que a faz imaginar que ele não aceitará a oferta milionária do Al-Sadd, do Catar. "A Leila acha que ele não sai. A justificativa é que o Abel é um cara muito correto e, se fosse embora, já teria comunicado pelo menos para ela", revela um conselheiro, em contato com o blog.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Dentro do Palmeiras, toda vez que foi perguntado, o português afirmou que tomará a decisão após o Campeonato Brasileiro — o torneio se encerra na próxima quarta-feira, e o Verdão é favoritíssimo ao título. Seria a nona taça de Abel em pouco mais de três anos no Allianz Parque.

"A Leila está apostando que o Abel vai ficar até o fim do contrato, ou seja, até dezembro do ano que vem. E isso ficou evidente para ela depois que o Abel recusou as ofertas que ela fez para ampliação do contrato até dezembro de 2027", acrescenta a fonte.

Ao longo da semana, o blog revelou que Antero Henrique, chefão da liga do Catar, já admitiu a pessoas próximas que Abel fechou com o Al-Sadd. O acordo pode garantir a ele e sua comissão técnica até 20 milhões de euros por temporada, livres de impostos — o valor inclui bônus por conquistas e representa até R$ 9 milhões por mês. No Palmeiras, ele ganha R$ 2,8 milhões mensais brutos.

Não é só o Botafogo! Veja outros times que perderam edições do Brasileirão que estavam 'ganhas'

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas