Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Flamengo recebe da Adidas quase quatro vezes mais do que Galo, Cruzeiro e Inter

Empresa alemã paga fortuna ao Rubro-Negro, enquanto rivais têm direito apenas a royalties por vendas de camisas

Blog do Nicola|Do R7 e Jorge Nicola

Presidente Rodolfo Landim, do Flamengo, vestindo camisa com logotipo da Adidas
Presidente Rodolfo Landim, do Flamengo, vestindo camisa com logotipo da Adidas Presidente Rodolfo Landim, do Flamengo, vestindo camisa com logotipo da Adidas (Gilvan de Souza/Flamengo)

Ninguém no Brasil recebe mais de um fornecedor de material esportivo do que o Flamengo. O acordo com a Adidas rende R$ 69 milhões por temporada ao Rubro-Negro, contra R$ 42 milhões do Palmeiras (com a Puma) e R$ 30 milhões do Corinthians (com a Nike).

Mas o que mais chama atenção é a discrepância do contrato do Flamengo em relação a outros clubes que vestem a Adidas. O blog apurou que Atlético-MG, Cruzeiro e Inter têm o mesmo acordo: nenhum recebe valor fixo e receitas baseadas em royalties das vendas de camisas.

Galo, Raposa e Colorado têm média de 250 mil peças vendidas por ano, garantindo receita de aproximadamente R$ 6 milhões por temporada. Ou seja, somados, os três parceiros da Adidas ficam com R$ 18 milhões, pouco mais do que 1/4 da receita assegurada ao Flamengo, que vende mais de 2 milhões de peças/ano.

O caso do Cruzeiro é o mais problemático. Há bastante tempo, Ronaldo tenta rescindir o contrato com a fornecedora alemã. A gota d'água se deu quando a Adidas se referiu ao rival Atlético como o "maior de Minas" em uma campanha publicitária. 

Para piorar, o Cruzeiro acusa a Adidas de ter deixado vazarem os modelos das camisas do ano passado e deste ano antes do lançamento oficial. Vale a lembrança que Ronaldo é garoto-propaganda da Nike desde 1994 e tem excelente relação com os executivos da empresa norte-americana.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.