Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Blog do Nicola
Publicidade

Cássio saiu do Corinthians na bronca com Carlos Miguel; Timão ainda deve para o goleiro

Novo goleiro do Cruzeiro entende que seu sucessor no Timão não agiu de forma ética enquanto tentava ganhar condição de titular

Blog do Nicola|Jorge NicolaOpens in new window


Carlos Miguel e Cássio vão deixar o Corinthians em um intervalo de cerca de um mês

Carlos Miguel não está com o filme queimado apenas com o torcedor do Corinthians, depois de aceitar uma proposta do Nottingham Forest que vai render apenas 4 milhões de euros ao clube. O blog apurou que Cássio deixou Timão chateado com a pressão que seu concorrente exerceu para ser titular.

É possível que Cássio nunca admita publicamente, mas isso também pesou em seu pedido para sair do Corinthians a sete meses do fim do contrato. A relação entre os dois, inclusive, se tornou extremamente fria nas semanas que antecederam sua ida para o Cruzeiro.

O maior goleiro da história alvinegra contou a pessoas próximas que Carlos Miguel cobrou de membros da diretoria e da comissão técnica que ganhasse uma vaga no time, sob o risco de ir embora. No fim, Carlos Miguel garantiu a camisa de titular, confirmou a impressão de que é um grande goleiro e conseguiu a proposta de R$ 722 mil mensais, livres de impostos, para atuar na Premier League.

Péssimo acordo: O adeus de Cássio vai se mostrando pior a cada dia. Além de ficar sem alguém que disputou mais de 700 partidas pelo clube, o Corinthians não recebeu qualquer centavo com a transferência para o Cruzeiro e ficou com uma dívida de R$ 3 milhões.

De acordo com o site “Gazeta Esportiva”, o Corinthians se comprometeu a pagar R$ 1,398 milhão em verbas rescisórias, salários, férias e 13º, além de R$ 1,6 milhão com FGTS. Os dois débitos serão quitados em 12 parcelas.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.