Blog do Fabiano Farah Santos alivia folha salarial, mas contrato de Lucas Lima incomoda a diretoria

Santos alivia folha salarial, mas contrato de Lucas Lima incomoda a diretoria

Meia, que treina separado, foi relacionado para amistosos do time Sub-20 no Catar como "estratégia de mercado"

A nova diretoria do Santos Futebol Clube recebeu um elenco com mais de 50 jogadores e uma folha salarial mensal de R$ 15 milhões. Sem receitas, todas antecipadas pela antiga gestão, a estratégia foi negociar os principais ativos e montar uma equipe dentro da atual realidade.

A atual folha do elenco santista é de R$ 7,5 milhões. Morellos, João Paulo, Joaquim, Pituca, Messias e outros jogadores que ganhavam acima do atual teto salarial, que é de R$ 350 mil, aceitaram a readequação nos vencimentos.

Marcos Leonardo foi negociado com o Benfica por 20 milhões de euros (valor total da operação com 18 milhões de euros pagos a vista). Jean Lucas foi vendido ao Grupo City que comanda o Bahia. O Peixe recebeu 6 milhões de euros.

O volante Dodi foi vendido ao Grêmio por R$ 5 milhões. Gabriel Pirani ao DC United por R$ 6,5 milhões. O goleiro John foi para o Botafogo, em definitivo, por R$ 8 milhões e o Santos ainda detém 25% dos direitos do atleta.

Esta semana a diretoria alvinegra emprestou o zagueiro João Basso e o meia Vinícius Zanocelo ao Estoril, de Portugal.

O atacante colombiano Mendoza foi liberado para acertar com o futebol da Turquia. Ele custava cerca de R$ 600 mil mensais ao Peixe e terá contrato rescindido e o clube brasileiro ficará com 30% de uma futura venda do atleta de 31 anos.

LUCAS LIMA É O MAIOR PROBLEMA

Lucas Lima, quando anunciado pelo Palmeiras, disparou contra

Lucas Lima, quando anunciado pelo Palmeiras, disparou contra

Palmeiras

O meia, recontratado em janeiro do ano passado, recebe cerca de R$ 400 mil mensais e tem contrato até março de 2025. 

Ele não faz parte dos planos do técnico Fábio Carille, treina separado, mas incomoda a diretoria santista.

Lucas Lima, agenciado pelo pai do atacante Neymar, "debruçou" no contrato e já recusou quatro propostas para sair por empréstimo. Sport e Criciúma ofereceram pagar 100% dos salários do jogador, que não quis deixar a Baixada Santista.

A indignação da diretoria do Santos é tão grande que, por estratégia de mercado, Lucas Lima foi relacionado, de última hora, para o Torneio da Amizade, no Catar, no início de fevereiro.

O Santos mandará a base do time que disputou a Copa São Paulo este ano, com o reforço de atletas que estão fora dos planos de Carille. 

A intenção dos cartolas alvinegros é que algum clube tenha interesse no meia e que uma negociação seja feita.

Lucas Lima é um problema tão grande para o clube que o presidente Marcelo Teixeira topa, até mesmo, pagar 50% dos salários do atleta para vê-lo longe da Vila Belmiro.

Caso Lucas Lima siga "abraçado no contrato" existe a possibilidade de uma oferta de rescisão contratual, com valor abaixo do estipulado no vínculo e em parcelas.

Nem mesmo a boa relação entre Marcelo Teixeira e o pai do jogador Neymar foi suficiente para convencer o meia a deixar o clube. Agora é esperar a boa vontade do jogador, ou, uma atitude mais enérgica dos cartolas do Peixe.

E aí, o que você faria?

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas