Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rojas processa Corinthians e vai jogar ao lado de Messi

Jogador deixou o Timão por falta do pagamento de luvas e direitos de imagem. Situação está na FIFA e dívida chega a R$ 40 milhões

Blog do Fabiano Farah|Fabiano farah e Fabiano Farah

O meia paraguaio Matías Rojas não perdeu tempo depois que abandonou o Corinthians por falta de pagamento.

Motivado por uma dívida nos direitos de imagem o atleta trocou o Timão pelo Inter Miami, que é de propriedade do inglês David Beckham e que tem como principal ídolo o argentino Lionel Messi.

Rojas acionou o Corinthians na FIFA e cobra uma dívida de R$ 40 milhões, valor que representa salários, direitos de imagem e luvas não pagas.

Paraguaio acionou Corinthians na FIFA e acertou com o Inter Miami
Paraguaio acionou Corinthians na FIFA e acertou com o Inter Miami Paraguaio acionou Corinthians na FIFA e acertou com o Inter Miami (Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O escritório que representa o jogador aqui no Brasil disse que, em nenhum momento, foi procurado por dirigentes do Corinthians para acordo.

Publicidade

Os agentes de Rojas motivaram o paraguaio a não jogar mais pelo Timão e já tinham um destino para o atleta.

Jogar nos Estados Unidos, em uma liga onde o espetáculo é valorizado e não conquistas ou lutas contra rebaixamento, foi o grande atrativo para Matías Rojas aceitar a oferta.

Publicidade

Esta coluna apurou que Rojas receberá o dobro que tinha em contrato com o Corinthians.

Também apuramos que o jogador deixa o futebol brasileiro com a impressão de que, por aqui, o que é tratado nem sempre é cumprido e que "o time de maior torcida tem muitos problemas".

Publicidade

O Corinthians não esperava mais contar com o atleta e assume a dívida.

Notificado pela FIFA, os dirigentes do Timão tem 30 dias para apresentar um acordo com o paraguaio ou a quitação do débito.

Expirado o prazo, o Corinthians pode sofrer o Transfer Ban, ferramenta utilizada para clubes com dívidas e ações na FIFA que impedem a inscrição de qualquer atleta em campeonatos regionais ou nacionais.

Afundados em dívidas e com problemas no campo, os dirigentes do Corinthians tentamcorrer contra o tempo, mas sabem que a situação do clube é perigosa e de alerta máximo.

Nesta quinta o Corinthians joga contra o São Bernardo, pela Copa do Brasil, no estádio 1º de Maio, no ABC.

Eliminado precocemente do Paulistão, o Time do Povo vive a pior crise dos últimos anos com o planejamento totalmente comprometido.

O último apaga ou paga a luz?

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.