Esportes Ponte Preta surpreende e demite técnico João Brigatti

Ponte Preta surpreende e demite técnico João Brigatti

Em uma reunião realizada nesta sexta-feira, a diretoria da Ponte Preta decretou o fim do trabalho de João Brigatti no clube. A decisão foi tomada pela diretoria e o treinador se despediu dos jogadores antes do treinamento da tarde, quando a mudança virou pública.

Em nota oficial, o clube diz que ainda não tem nome definido para um substituir. No jogo deste sábado, contra o Juventude, às 19 horas, no estádio Moisés Lucarelli, o time deverá ser comandado interinamente pelo coordenador técnico Fábio Moreno.

Brigatti foi anunciado pelo clube em fevereiro deste ano após a demissão de Gilson Kleina e tinha contrato até dezembro, mas não aguentou a queda de produção do time nas últimas partidas. A despedida foi a derrota para o Cruzeiro, por 3 a 0, em Belo Horizonte, na quarta-feira.

Mas ele conseguiu um grande reação. Ele pegou o time na lanterna do Paulistão, o livrou do risco de rebaixamento e ainda chegou até a semifinal da temporada. O técnico também se deu bem na Copa do Brasil, caindo somente na quarta fase. Além disso, deixa a Ponte Preta na terceira posição na Série B do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos em 12 jogos.

Esta foi a sua primeira vez que Brigatti comandou a Ponte Preta como treinador efetivo, já que as outras quatro foram como interino. Ao todo, ele teve 23 vitórias, 15 empates e 15 derrotas. Ele atuou também como goleiro, treinador de goleiros e auxiliar técnico.

Últimas