Esportes Pintado 'sofre' com Chapecoense em último, mas garante força na luta por vitórias

Pintado 'sofre' com Chapecoense em último, mas garante força na luta por vitórias

A Chapecoense esteve perto da sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro, mas levou o empate do Athletico-PR aos 43 minutos do segundo tempo, na quarta-feira, em Chapecó (SC). O técnico Pintado falou em "sofrimento" sem fim pelo tropeço e pela situação ruim do time - é o lanterna -, mas garantiu que a determinação pelos três pontos seguirá até a última rodada.

"É um sofrimento por não conseguir a vitória, mas não vou me cansar de buscar solução para a equipe. Nada vai tirar minha determinação na busca do resultado. Futebol não é merecimento, mas sim competência", analisou Pintado.

O sexto jogo seguido sem vitória mantém a Chapecoense em situação delicada, afundada na lanterna com 13 pontos. A Chapecoense entra em campo neste sábado contra o Fortaleza, às 19 horas, novamente na Arena Condá.

"Sempre o que me incomoda e o que me causa o sentimento ruim é quando a gente não vence, isso me incomoda muito, seja pelo árbitro ou pelo adversário. A derrota me incomoda muito. Eu fui criado no futebol por profissionais que sentem muito a derrota. Eu aprendi que o que vale no futebol é vencer, tem que jogar sempre acima do limite para buscar a vitória, pois é o único resultado que interessa, mas dentro das nossas dificuldades, que não são poucas", completou o treinador.

Últimas