Esportes Paul surpreende Zverev em Indian Wells e adia sonho do alemão ser melhor do mundo

Paul surpreende Zverev em Indian Wells e adia sonho do alemão ser melhor do mundo

Alexander Zverev foi expulso do torneio de Acapulco após um surto de raiva que culminou com agressão ao árbitro de cadeira. Foi punido no México e chegou aos Estados Unidos prometendo redenção. Havia a possibilidade de o alemão ser o primeiro do mundo a depender dos resultados somados em Indian Wells e Miami. O sonho do número 3 do mundo foi adiado, contudo, após derrota para um empolgado americano Tommy Paul logo em sua estreia.

Jogando em casa, o americano mostrou enorme coragem e agressividade para superar o favorito e garantir a festa da torcida local com parciais de 6/2, 4/6 e 7/6 (7/2) após 2 horas e 19 minutos no ATPO 1000 de Indian Wells.

Com meta de alcançar em breve o Top 10 do ranking mundial (figura apenas no 39° lugar), Paul entrou em quadra bastante vibrante para tentar desestabilizar Zverev. O americano fez enorme festa simplesmente por ganhar o sorteio para começar sacando na partida da segunda rodada - entre os principais cabeças de chave, o alemão não precisou jogar a primeira rodada.

E o saque forte combinado com boas devoluções fizeram a diferença no primeiro set, vencido por 6/2 com facilidade. Zverev entrou desligado no jogo e sofreu com a agressividade do oponente. Mas reagiu ao fechar a segunda parcial em 6/4 e levar a decisão para o terceiro set.

Zverev continuou bem na parcial e chegou a abrir 4 a 2, aproveitando o terceiro breakpoint no sexto game. Bastava confirmar seus serviços para festejar a vitória de virada. No primeiro saque após a quebra, porém, cometeu erros bobos, dupla falta e acabou "recolocando" o americano na partida.

Paul conseguiu levar o jogo para o tie-break e não deu chances, fechando com imponente 7 a 2 para festejar a segunda vitória da carreira sobre o alemão. "Comecei bem, cheguei muito na rede e coloquei muita pressão no saque dele", avaliou Paul, em entrevista ainda na quadra. "Ele começou a sacar muito bem no segundo set e até no terceiro, mas tive sorte quando tive uma pausa", enfatizou, sem segurar o riso de alegria.

Tristeza de um alemão, festa de outro. A compatriota de Zverev, Angelique Kerber, também jogou neste início de jornada de segunda-feira em Indian Wells e ganhou de maneira fulminante. A cabeça de chave 15 superou Daria Kasatkina por 6/2 e 6/1.

Últimas