Esportes Paolo Rossi, herói italiano da Copa de 1982, morre aos 64 anos

Paolo Rossi, herói italiano da Copa de 1982, morre aos 64 anos

FUT-ROSSI-MORRE:Paolo Rossi, herói italiano da Copa de 1982, morre aos 64 anos

Reuters - Esportes

(Reuters) - Paolo Rossi, herói goleador da Itália na campanha vitoriosa da Copa do Mundo de 1982, morreu aos 64 anos.

A morte do ex-atacante, carrasco da seleção brasileira naquele Mundial, chega no momento em que o mundo do futebol ainda chora a morte do ídolo argentino Diego Maradona, que morreu no final do mês passado.

A rede de televisão italiana RAI Sport, na qual Rossi trabalhava como comentarista, disse nesta quinta-feira que "Pablito" morreu de uma "doença incurável".

"Que notícia terrivelmente triste: Paolo Rossi nos deixou", tuitou Enrico Varriale, apresentador da RAI Sport.

"Inesquecível Pablito, que fez todos nós nos apaixonarmos naquele verão de 1982 e que foi um colega de trabalho precioso e competente na RAI nos últimos anos."

A esposa de Rossi, Federica Cappelletti, publicou uma foto no Instagram na qual aparece ao lado do marido com as palavras "per sempre".

"Nunca haverá ninguém como você, único, especial...", escreveu Cappelletti mais tarde, em italiano, no Facebook.

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) disse que bandeiras serão hasteadas a meio mastro em sua sede de Roma e em seu centro técnico de Florença.

"O falecimento de Pablito é mais um momento de dor profunda, uma ferida no coração de todos os torcedores que é difícil curar. Perdemos um amigo e um ícone de nosso futebol", disse o presidente da FIGC, Gabriele Gravina.

(Por Ian Ransom em Melbourne e Hardik Vyas em Bengaluru; reportagem adicional de Brian Homewood em Lisboa)

Últimas