Esportes Pandemia impede a presença de Jürgen Klopp no funeral da mãe na Alemanha

Pandemia impede a presença de Jürgen Klopp no funeral da mãe na Alemanha

Jürgen Klopp, técnico do Liverpool, foi impedido de viajar para comparecer ao funeral de sua mãe, Elisabeth, por causa das restrições de viagens impostas pela pandemia da covid-19. O treinador aproveitou uma entrevista ao portal "Schwarzwalder Bote" para prestar uma homenagem.

"Ela significava tudo para mim. Ela era uma mãe no melhor sentido da palavra. Sei que ela está em um lugar melhor. Eu não posso ir ao funeral por conta do tempo terrível em que vivemos. Assim que as circunstâncias permitirem, faremos uma comemoração maravilhosa apropriada para ela", afirmou Klopp, que prepara o time do Liverpool nesta semana para o jogo de sábado contra o Leicester, pelo Campeonato Inglês.

Klopp, de 53 anos, viu a mãe pela última vez no aniversário dela de 80 anos. Elisabeth deixa três filhos, seis netos e quatro bisnetos. Os herdeiros Stefanie, Isolde e Jurgen, o meia novo, são frutos do casamento com Norbert Klopp, falecido em 2000.

Em suas redes sociais, o Liverpool prestou sentimentos a Jürgen Klopp pelas redes sociais. "Você nunca vai andar sozinho, Jürgen", disse o clube, fazendo referência à música ‘You’ll Never Walk Alone’, que se tornou hino da torcida do clube.

Últimas