Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Pan - Conexão Chile
Publicidade

Vela brasileira conquista três ouros e um bronze nos Jogos Pan-Americanos

Martine Grael, Kahena Kunze e Bruno Lobo foram campeões em suas classes

Pan-Americanos|Do Live BR, de Santiago (Chile)

Martine Grael e Kahena Kunze foram bicampeãs pan-americanas na classe 49er FX
Martine Grael e Kahena Kunze foram bicampeãs pan-americanas na classe 49er FX Martine Grael e Kahena Kunze foram bicampeãs pan-americanas na classe 49er FX

O Brasil garantiu mais quatro medalhas com a vela nos Jogos Pan-Americanos Santiago 2023. Nesta sexta-feira (3), em Algarrobo, uma das subsedes do evento, os brasileiros deram um show nas regatas decisivas, as “medals races”, e faturaram três ouros e um bronze.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Martine Grael e Kahena Kunze sagraram-se bicampeãs pan-americanas na classe 49er FX. Bruno Lobo também conquistou o bicampeonato, na Fórmula Kite.

Leia também

O terceiro ouro brasileiro veio com Mateus Isaac na IQFoil. Para completar, Maria do Socorro Reis garantiu o bronze na Fórmula Kite feminina.

Publicidade

“A final foi tensa, pois desde que começou a semana viemos numa disputa boa com as americanas e as canadenses. Esse campeonato foi bem legal por conta dessa disputa com as adversárias. Tivemos essa pressão, pois quem fizesse bem a última regata ia sair com o pódio. Tivemos calma e fizemos bem, estamos contentes com essa medalha”, ressaltou Martine.

“A gente veio para cá com o objetivo de conquistar a vaga olímpica, precisávamos ganhar das argentinas. Acabamos indo para a regata da medalha todo mundo meio embolado, ficou para o último dia. Velejamos superbem e estamos muito contentes em conquistar esse bicampeonato”, completou Kahena, referindo-se também à vaga conquistada para os Jogos Olímpicos Paris 2024.

Publicidade

Nas outras disputas finais do dia, o Brasil ficou perto do pódio. Na classe 49er, Marco Grael e Gabriel Simões terminaram na quinta colocação, enquanto na classe IQFoil feminina, Bruna Martinelli ficou em quarto lugar.

Brasileira tem cãibra bizarra no Pan, fica com perna deformada, mas consegue faturar a prata; veja

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.