Esportes Palmeiras e Boca Juniors decidem vaga para a final da Libertadores

Palmeiras e Boca Juniors decidem vaga para a final da Libertadores

Após perder o jogo de ida por 2 a 0, Palmeiras precisa agora de uma vitória por três gols de diferença para avançar à final sem disputa por pênaltis

Palmeiras x Boca Juniors

Palmeiras e Boca Juniors definem hoje, em São Paulo, vaga na final da Libertadores

Palmeiras e Boca Juniors definem hoje, em São Paulo, vaga na final da Libertadores

Lance

Palmeiras e Boca Juniors decidem nesta quarta-feira (31) a segunda vaga para a final da Copa Libertadores 2018 no Allianz Parque, em São Paulo, às 21h45 (horário de Brasília), e ver quem pegará o River Plate-ARG na decisão.

No jogo de ida, em Buenos Aires, na última quarta-feira (24), o Boca Juniors saiu na frente, ao vencer por 2 a 0, com gols de Benedetto, nos minutos finais. Com esse resultado, o Palmeiras precisa vencer por 2 a 0 para levar a decisão para a disputa por pênaltis ou de uma vitória por três gols de diferença para avançar à final. O Boca pode perder por um gol de diferença que ainda assim garante vaga na final. Se marcar um gol, o time argentino pode ainda perder por dois gols de diferença.

Para a partida desta noite, o técnico Luiz Felipe Scolari ainda não confirmou a escalação. Mas o treinador não poderá contar com o lateral direito Marcos Rocha, o volante Jean e o meia Hyoran, lesionados. O centroavante Borja, artilheiro do time e da Libertadores com 8 gols, é dúvida e poderá ser substituído por Deyverson no time titular. 

No Boca, o técnico Guillerme Schelotto, que está suspenso e não poderá ficar no banco de reservas, deverá repetir o time do jogo de ida, com o herói Benedetto fora do time titular. O atacante ficará no banco ao lado de Tevez. O goleiro Andrada, que se machucou na dividida com o zagueiro Dedé, do Cruzeiro, nas quartas de final, segue fora da equipe.

Ficha técnica

31/10 – ALLIANZ PARQUE (SÃO PAULO-SP)
PALMEIRAS x BOCA JUNIORS-ARG
Árbitro:
Wilmar Roldán (Colômbia)
PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Moisés), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Dudu e Deyverson (Borja). Técnico: Luiz Felipe Scolari
BOCA JUNIORS: Rossi; Jara, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Barrios; Villa, Nández, Pablo Pérez e Pavón; Abila. Técnico: Guillermo Schelotto

Conflitos entre organizadas é problema antigo na América do Sul