Esportes Pacquiao se submete a exame antidoping e se atrasa para o primeiro treino nos EUA

Pacquiao se submete a exame antidoping e se atrasa para o primeiro treino nos EUA

O pugilista filipino Manny Pacquiao já está nos Estados Unidos se preparando para a luta de 21 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos, contra o americano Errol Spence Jr., campeão mundial dos meio-médios, versão Conselho Mundial de Boxe (CMB) e Federação Internacional de Boxe (FIB).

Aos 42 anos, o multicampeão postou imagens de treinos com o Freddie Roach no Wild Card Boxing Club, em Los Angeles. "Espero que o mestre Freddie Roach não tenha ficado com raiva de mim por estar atrasado para o meu primeiro dia de treinamento no Wild Card Boxing Club. Eu tive de fazer um teste antidoping antes de vir para o treino", disse Pacman. Roach respondeu nas redes sociais com bom humor. "Bem vindo, campeão".

Pacquiao, que já ganhou títulos mundiais em oito categorias, não luta desde 20 de julho de 2019, quando venceu o americano Keith Thurman para ficar com o cinturão meio-médio da Associação Mundial de Boxe (AMB).

Profissional desde 1995, Pacquiao apresenta um cartel de 71 lutas, com 62 vitórias (39 nocautes), sete derrotas e dois empates. Ele iniciou treinamentos em abril para enfrentar o americano Terence Crawford em junho ou julho, mas as negociações não evoluíram.

Antes de viajar aos Estados Unidos, Ele manteve suas atividades com os técnico Buboy Fernández e Nonoy Neri, em General Santos, nas Filipinas, onde Pacquiao fez exercícios diários para aquela que pode ser a última luta de sua carreira.

Spence Jr. tem 31 anos e está invicto na carreira profissional, com 27 lutas vitórias, das quais 21 por nocaute. Sua última vitória foi em dezembro do ano passado, quando bateu o compatriota Danny Garcia.

Últimas