Olimpíadas Pequim relata 72 casos de Covid-19 em envolvidos nos Jogos de Inverno

Pequim relata 72 casos de Covid-19 em envolvidos nos Jogos de Inverno

Segundo os organizadores, nenhum atleta foi infectado. Os Jogos estão programados para ser realizados entre 4 e 20 de fevereiro

Reuters - Esportes
Organizadores da Olimpíada de Inverno de Pequim confirmaram novos 72 casos de Covid-19

Organizadores da Olimpíada de Inverno de Pequim confirmaram novos 72 casos de Covid-19

REUTERS/Fabrizio Bensch

Os organizadores da Olimpíada de Inverno de Pequim afirmaram neste domingo que confirmaram 72 casos de Covid-19 entre as 2.586 pessoas envolvidas com os Jogos que chegaram à China entre 4 e 22 de janeiro, com nenhuma ocorrência entre os 171 atletas e autoridades das equipes que vieram naquele período.

As últimas preparações estão em andamento para os Jogos de Inverno, durante um surto global de casos da altamente infecciosa variante Ômicron do coronavírus. Os Jogos estão programados para ser realizados entre 4 e 20 de fevereiro, dentro de uma bolha fechada que separa do público todas as pessoas envolvidas com o evento.

Dos casos confirmados, 39 foram descobertos em testes no aeroporto e 33 dentro da bolha, afirmaram organizadores. Participantes da bolha estão sujeitos a exames diários, com 336.421 testes PCR tendo sido administrados entre 4 e 22 de janeiro.

Brian McCloskey, presidente do painel médico de especialistas de Pequim 2022, disse que o número é consistente com os dos Jogos de Tóquio no ano passado e está em linha com as expectativas.

“Nunca estabelecemos uma meta de zero caso no interior da bolha”, disse, em entrevista coletiva online no domingo.

Legado da Copinha: as joias que podem pintar no Paulista e Carioca

Últimas