Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

COI calcula que apenas 10 países poderão organizar provas olímpicas de neve em 2040

Thomas Bach informou que, por sustentabilidade, apenas países que já possuem instalações necessárias receberão Jogos de Inverno

Olimpíadas|Do R7

Próximos Jogos de Inverno, em 2026, acontecem na Itália
Próximos Jogos de Inverno, em 2026, acontecem na Itália Próximos Jogos de Inverno, em 2026, acontecem na Itália

A crise climática vai ter um "efeito dramático" nos Jogos Olímpicos de Inverno, motivo pelo qual o Comitê Olímpico Internacional (COI) calcula que, em 2040, apenas dez países poderão sediar as competições de neve do programa, afirmou nesta sexta-feira (13) o presidente da organização, o alemão Thomas Bach.

Por razões de sustentabilidade, o COI apenas atribui a organização dos Jogos de Inverno a países que já disponham de todas as instalações disponíveis ou que possam solucionar suas carências com instalações desmontáveis. Atualmente, apenas 15 países preenchem estas condições.

"Em 2040, amanhã em termos olímpicos, dois destes quinze comitês nacionais já não terão a fiabilidade necessária para os Jogos de Inverno, que se realizam em fevereiro, e cinco para os Jogos Paralímpicos, que se realizam em março. Isto significa que, em 2040, apenas dez comitês nacionais estarão em condições de sediar os esportes de neve dos Jogos", declarou Bach em entrevista coletiva em Mumbai, na Índia, no final de uma reunião da Comissão Executiva da entidade.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

DUPLA CONCESSÃO 2030-2034

"Para abordar esta questão muito complexa de forma adequada", a Comissão Executiva do COI vai propor à 141ª sessão (assembleia), que começa no sábado, "uma dupla concessão de anfitrião", para os Jogos de Inverno de 2030 e 2034, para que haja tempo de se concentrar no problema das edições seguintes.

Esta dupla concessão será efetuada em 2024, se o diálogo com as cidades interessadas tiver dado frutos.

Publicidade

Nesta semana, a cidade japonesa de Sapporo retirou a sua candidatura para 2030, perante a rejeição popular da iniciativa e após os contínuos escândalos relacionados com os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020.

No ano passado, a tentativa de formar uma candidatura espanhola em torno dos Pirineus foi frustrada por divergências políticas.

Daqui a um ano começam as Olimpíadas; veja sete coisas que só acontecerão em Paris 2024

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.