Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Surfista brasileiro, Chumbinho celebra vaga nos Jogos Olímpicos de Paris: 'Oportunidade incrível'

O atleta estará no evento esportivo pela primeira vez na carreira, ao lado de Filipe Toledo; o Brasil ainda disputa uma terceira vaga

Olimpíadas|Do R7


Chumbinho participa da Olimpíada pela primeira vez
Chumbinho participa da Olimpíada pela primeira vez

A eliminação precoce em Teahupoo, no Taiti, com queda na repescagem, deixou João Chianca, o Chumbinho, apreensivo. Vivendo sua melhor temporada, ele corria o risco de ser eliminado do Finals, que definirá o campeão no próximo mês. Mas os resultados dos oponentes ajudaram, e o brasileiro não apenas avançou para a decisão, em Trestles, na Califórnia, como se garantiu nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, para sua "imensa alegria".

Chumbinho chegou à etapa do Taiti na quarta colocação no geral, mas com outros três surfistas brigando pelas duas vagas que faltavam no Finals. Ele era ameaçado pelos compatriotas Gabriel Medina e Yago Dora, além do havaiano Jhon Jhon Florence e do australiano Jack Robinson.

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Com a queda de Yago Dora nas quartas, Chumbinho se garantiu na decisão, marcada para setembro, na Califórnia. Medina deixou Florence no caminho, mas perdeu a final para Robinson — que ficou com a quinta vaga — e acabou fora, o que garantiu a vaga olímpica ao surfista carioca.

"Estou muito feliz. Foi um ano de muitas novidades para mim, estou vivendo tudo pela primeira vez, e brigar pela vaga olímpica era algo que não passava pela minha cabeça nos últimos quatro anos", admitiu Chumbinho, em sua primeira temporada de alto nível na elite do Circuito Mundial de Surfe.

Publicidade

Surpreso mas muito feliz, o surfista disse que teve méritos na conquista da vaga. Ele sempre brigou no topo e ganhou a etapa de Portugal. "Tudo acontece no tempo certo. Os Jogos Olímpicos em Teahupoo vão ser um momento muito gigantesco para o surfe", previu. "É uma oportunidade incrível em nossas vidas, mas ainda tem um trabalho a ser feito. A vaga olímpica foi decidida de maneira justíssima, porque todos tiveram as mesmas oportunidades o ano todo", celebrou. "Muito feliz de ver a evolução de todo mundo e a minha própria evolução."

Nos Jogos de Tóquio, o Brasil foi representado por Medina e por Italo Ferreira, que ganhou a medalha de ouro. Em Paris, além de Chumbinho, o país terá o atual campeão do Circuito Mundial, Filipe Toledo, o Filipinho, e pode ter um terceiro representante.

Em fevereiro vai ocorrer o ISA Games 2024, em Porto Rico, em uma disputa por nações. O país campeão por equipes no evento garantirá mais um atleta nos Jogos Olímpicos, tanto no masculino quanto no feminino, no qual Tatiana Weston-Webb já está garantida.

Quem são os 43 atletas do Time Brasil classificados para os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.