Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Antes de Paris-2024, sem-teto da capital francesa serão levados para cidades vizinhas

Medida foi anunciada pelo ministro da Habitação, que afirmou que mudanças eram necessárias para evitar crise de acomodação

Olimpíadas|Do R7


Cerca de 2 milhões de fãs devem ir a Paris acompanhar os jogos
Cerca de 2 milhões de fãs devem ir a Paris acompanhar os jogos

Antes dos Jogos Olímpicos de Paris-2024 começarem, o ministro da Habitação francês, Olivier Klein, anunciou que o governo planeja tirar os moradores de rua da cidade. Os sem-teto, que são na maioria imigrantes, serão levados a cidades vizinhas da capital. A medida, no entanto, foi criticada por prefeitos das cidades e vilas que deverão abrigá-los.

O projeto foi iniciado em março, quando o governo da França solicitou às autoridades que criassem "instalações regionais temporárias de acomodação" para comportar todo o fluxo dos moradores que serão expulsos da capital.

· Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Klein, no início de maio, afirmou ao parlamento que a mudança era necessária para que fosse evitada uma crise de acomodação, que é esperada a partir de setembro deste ano. A Cidade Luz receberá dois eventos esportivos em um período menor do que um ano. Em setembro de 2023, acontecerá a Copa do Mundo de Rúgbi, e, de julho a agosto de 2024, serão os Jogos Olímpicos de Verão.

Os fiscais locais usam os hotéis de baixo custo como acomodação emergencial para os sem-teto. Mas, com a maior procura hoteleira por parte dos fãs de esportes e turistas, os donos das hospedagens querem alugar os quartos com preços de mercado.

Publicidade

Ao todo, o governo da França estima que a capacidade despencará de 3.000 a 4.000 lugares por conta dos eventos. Para o ministro, a queda prevista "obriga-nos a nos questionar e a nos preparar para a situação. Trata-se de abrir espaços de alojamento nas zonas provinciais para pessoas que necessitem de alojamento de emergência".

O prefeito de Bruz, cidade com 18 mil habitantes localizada a cerca de 350 quilômetros de Paris, se posicionou contra a mudança. "Não somos a favor da criação de uma instalação na nossa área, em condições que consideramos inaceitáveis. O local proposto ficava próximo a uma linha férrea e está poluído por hidrocarbonetos e metais pesados", disse.

Os Jogos Olímpicos de Paris-2024 começarão no dia 26 de julho. Pela primeira vez na história, a cerimônia de abertura não acontecerá em um estádio, mas sim às margens do rio Sena, que atravessa a cidade francesa.

Quem são os atletas do Time Brasil classificados para os Jogos Olímpicos de Paris-2024?

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.