Olimpíadas Alison vai à semifinal e Rosângela não se classifica no atletismo 

Alison vai à semifinal e Rosângela não se classifica no atletismo 

Brasileiro dos 400m com barreiras fez boa prova; já a velocista não obteve tempo para ir à semifinal em Tóquio

  • Olimpíadas | Do R7, com informações do Estadão Conteúdo

Alison dos Santos se classificou nos 400m com barreiras

Alison dos Santos se classificou nos 400m com barreiras

Phil Noble/Reuters - 30.07.2021

O atletismo deu largada nos Jogos Olímpicos de Tóquio com uma comemoração e três frustrações para o Brasil. Alison dos Santos, o Piu, confirmou o favoritismo ao se garantir nas semifinais dos 400 metros com barreiras, no melhor resultado brasileiro na noite desta quinta-feira, pelo horário brasileiro (manhã de sexta no Japão). Fernando Ferreira e Thiago Moura foram eliminados no salto em altura e Altobeli Silva não avançou nos 3.000 metros com obstáculos.

Sorridente e muito tranquilo, Piu festejou sua vaga às semifinais com a segunda marca na sua classificatória dos 400 metros com barreiras. O brasileiro é esperança de medalha para o País e correu em 48s42 para se garantir sem sustos. Ficou atrás somente de Abderrahman Samba, do Catar, que o superou por 4 décimos. 

No domingo pela manhã (9h05 de Brasília), o brasileiro volta à pista para buscar vaga na decisão. Sua meta nas semifinais é correr abaixo dos 47 segundos, numa demonstração que se poupou na classificatória.

Rosângela não se classifica

Rosângela dos Santos não passou nas eliminatórias dos 100m rasos

Rosângela dos Santos não passou nas eliminatórias dos 100m rasos

Aleksandra Szmigiel/Reuters - 30.07.2021

A velocista Rosângela dos Santos fez o tempo de 11s33 nas eliminatórias dos 100m rasos e não conseguiu se classificar para as semifinais da prova. Ela ainda compete no revezamento 4x100m.

Altobeli está fora

Altobeli Santos da Silva foi eliminado na prova dos 3.000m com obstáculos

Altobeli Santos da Silva foi eliminado na prova dos 3.000m com obstáculos

Jewel Samad/AFP - 29.07.2021

Finalista nos Jogos do Rio-2016 e campeão no Pan de Lima-2019, Altobeli Silva esperava repetir a dose nos 3.000 metros com obstáculos em Tóquio para tentar buscar uma sonhada medalha. Sua concentração era tão grande que usou as redes sociais para reclamar de atletas "pouco concentrados" e ouvindo músicas em alto e bom som na Vila Olímpica.

A frustração também atingiu os representantes do Brasil no salto em altura. Fernando Ferreira e Thiago Moura ficaram fora das finais ao não conseguirem superar 2,25 metros.

Últimas