Esportes Na sua volta à Série B do Brasileiro, Remo empata com o CRB por 2 a 2 em Maceió

Na sua volta à Série B do Brasileiro, Remo empata com o CRB por 2 a 2 em Maceió

Na sua volta ao Campeonato Brasileiro da Série B, após 14 anos de ausência, o Remo empatou com o CRB por 2 a 2, neste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O time alagoano estreou o técnico Allan Aal, ex-Guarani, contratado para o lugar de Roberto Fernandes e algumas mudanças estão sendo feitas no elenco após a perda do título estadual para o rival CSA.

O jogo começou movimentado, com os dois times demonstrando disposição de jogar bola e deixar de lado aquela fase de estudos. O Remo aproveitou bem as suas chances e abriu 2 a 0, em 11 minutos de diferença de um para outro gol.

Lucas Siqueira abriu o placar aos 10 minutos, em uma jogada que começou em cobrança de lateral pelo lado direito com Thiago Ennes. Na primeira trave, Renan Corne desviou de cabeça e na segunda Lucas Siqueira testou firme no canto direito do goleiro.

O gol desestabilizou o CRB por alguns minutos e o Remo se aproveitou disso para ampliar o placar aos 21 minutos. Marlon cobrou falta com força, a bola explodiu no peito do goleiro Diogo Silva e no rebote Lucas Siqueira entrou rápido para completar. Ele pareceu impedido, mas a arbitragem não marcou nada. A Série B ainda não conta com o auxilio do VAR.

Aos poucos, o CRB foi entrando no jogo e diminui aos 26 minutos. Na intermediária, Erik fez lançamento para Hyuri nas costas da defesa. O atacante ajeitou a bola no peito e tocou por cobertura na saída do goleiro Vinícius. Ao diminuir o placar, o time alagoano pôs fogo no jogo. Teve uma chance para empatar, porém, também quase sofre um gol até o intervalo.

O segundo tempo começou diferente, com o CRB marcando mais adiantando na tentativa de dificultar a saída de bola do Remo. Teve a chance de empatar em um chute para fora de Calyson após bela ajeitada de Hyuri, já dentro da grande área, aos três minutos. O Remo respondeu dois minutos depois em um chute de Lucas Tocantins e que exigiu a defesa de Diogo Silva.

Com o passar do tempo, os jogadores passaram a sentir cansaço e os dois técnicos fizeram várias substituições. O CRB passou a pressionar na base dos cruzamentos altos, facilitando a defesa visitante. A melhor chance do empate saiu aos 32 minutos, quando Diego Torres limpou a marcação e chute de perna esquerda. A bola desviou em Romércio e bateu na trave esquerda do goleiro que saltou em vão. Vinícius deu sorte.

O Remo ficou muito passivo, deixando o tempo passar e acabou sofrendo o empate aos 43 minutos. Após escanteio cobrado por Dudu, a bola passou toa a pequena área e na segunda trave apareceu Diego Torres para cabecear em diagonal para as redes.

Na segunda rodada, o CRB vai sair diante do Cruzeiro, no próximo dia 6, um domingo, às 18h15. O Remo vai jogar em Belém diante do Brasil-RS, no sábado, às 19 horas.

FICHA TÉCNICA

CRB 2 x 2 REMO

CRB - Diogo Silva; Reginaldo Lopes, Gum, Frazan e Guilherme Romão; Claudinei (Marthã), Carlos Jatobá (Jean Patrick) e Diego Torres; Calyson (Dudu), Hyuri e Erik (Vitão). Técnico: Allan Aal.

REMO - Vinícius; Thiago Ennes, Suéliton (Romércio), Rafael Jansen e Marlon; Anderson Uchôa, Lucas Siqueira e Felipe Gedoz; Jefferson (Rafinha), Lucas Tocantins (Erick Flores) e Renan Gorne (Edson Cariús). Técnico: Paulo Bonamigo.

GOLS - Lucas Siqueira, aos 10 e aos 21, e Hyuri, aos 26 minutos do primeiro tempo; Diego Torres, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOES - Diego Torres, Marthã e Guilherme Romão (CRB); Lucas Siqueira, Marlon e Jefferson (Remo).

ÁRBITRO - Tiago Nascimento dos Santos (PE).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Últimas