Esportes Mourinho revela que Bale tinha 'cicatrizes psicológicas' após lesões no Tottenham

Mourinho revela que Bale tinha 'cicatrizes psicológicas' após lesões no Tottenham

O atacante galês Gareth Bale, contratado por empréstimo junto ao Real Madrid até junho deste ano, não vinha se encontrando em campo pelo Tottenham desde a sua chegada no início desta temporada, mas há alguma semanas o jogador virou um dos destaques do time de Londres e marcou quatro gols nas suas últimas três partidas pelo Campeonato Inglês.

Para o técnico português José Mourinho, Bale tinha "cicatrizes psicológicas" por conta de seguidas lesões antes de despontar no clube inglês. "Não é que o tenhamos desafiado nem nada. Nós apenas o apoiamos. Encontrei nele cicatrizes psicológicas. Quando você tem temporadas com muitas lesões, o importante não são apenas as cicatrizes musculares, mas também as psicológicas, que trazem medo e instabilidade", disse em entrevista ao cabal de TV inglês BBC.

"Há um momento em que você está trabalhando bem e em que todos ao seu redor o apoiam ao máximo. Nesse momento, a barreira psicológica foi quebrada. E ele conseguiu. Foi ele, não nós. Nós apenas o apoiamos", acrescentou o treinador, responsável pela contratação de Bale.

Com dois gols diante do Crystal Palace, no domingo, o galês chegou a seis marcados nos últimos seis jogos. Neste período, passou de reserva pouco utilizado a titular em três confrontos seguidos. Mourinho apontou que um fator importante é a gestão dos minutos de utilização do jogador de 31 anos por conta de seus problemas físicos. Nos três últimos jogos, Bale saiu por volta dos 25 minutos do segundo tempo.

"Todo o mérito vai para o Bale. Eu acredito nele e nas sensações que ele tem, do próprio corpo. Não o quero nunca em altos níveis de fadiga. Aos 55 ou 60 minutos já estamos em contato e o plano que temos é tirá-lo sempre que esses sinais começarem a aparecer. Normalmente, os jogadores podem lidar com isso e acabam o jogo exaustos. Mas no caso de Bale temos de ter muito cuidado porque precisamos dele", comentou.

Bale contribuiu para que o Tottenham alcançasse uma marca importante, chegando a 100 gols na temporada 2020/2021. A equipe londrina foi a segunda a atingir tal efetividade ofensiva entre as cinco grandes ligas da Europa - a primeira foi o Bayern de Munique, que tem 106 gols marcados até agora.

Mourinho aproveitou para alfinetar os críticos, que o acusam de montar o time de forma excessivamente defensiva. "Se as estatísticas que me deram estão corretas, 100 gols na temporada, para um time muito defensivo, não é nada mal", finalizou.

Últimas