Esportes Matheus Ferraz admite queda no 2º tempo, mas vê Flu vivo na luta por Libertadores

Matheus Ferraz admite queda no 2º tempo, mas vê Flu vivo na luta por Libertadores

Matheus Ferraz admitiu oscilação do Fluminense durante o clássico contra o Vasco, principalmente no segundo tempo, quando deu total liberdade para o arquirrival jogar, e acabou sofrendo o empate nos minutos finais. O duelo, realizado neste domingo, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro, terminou em 1 a 1, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro.

O Fluminense fez um bom primeiro tempo e abriu o placar com Wellington Silva, logo aos nove minutos. O time tricolor teve oportunidades de liquidar a fatura, mas desperdiçou e acabou recuando no segundo tempo, sofrendo assim o gol de Germán Cano, aos 46 minutos da etapa final.

"No segundo tempo, nós recuamos um pouco mesmo. A equipe deles pressionou, foi para cima, precisava do resultado. Faltou tranquilidade, nós temos qualidade para aguentar a pressão e sair como fizemos no primeiro tempo. A equipe está de parabéns, importante é sempre pontuar. Esse jogo dá bastante lição, temos que melhorar, mas temos muito para crescer e vamos lutar até o final para buscar a vaga na Libertadores", disse o defensor.

Com o empate, o Fluminense dormirá fora da zona da Copa Libertadores. O clube carioca é o sétimo colocado com 40 pontos, contra 41 do Grêmio, em sexto. Apesar da saída do técnico Odair Hellmann, o clube segue em boa fase, soma quatro jogos sem derrotas, e virou forte candidato ao G-6.

Agora, o Fluminense já começa a pensar no Atlético Goianiense, adversário desta quarta-feira, às 21h30, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 26.ª rodada do Brasileirão.

Últimas