Esportes Marc Márquez é liberado para correr em Portimão e voltará à MotoGP após 9 meses

Marc Márquez é liberado para correr em Portimão e voltará à MotoGP após 9 meses

Depois de ficar fora da primeira prova da temporada da MotoGP no Catar, o espanhol Marc Márquez foi liberado pelos médicos e voltará a correr após nove meses. Ele vai retornar às pistas na etapa de Portugal, no circuito de Portimão, marcada para o próximo fim de semana. A Honda confirmou a informação por meio de comunicado divulgado neste sábado.

"Na revisão realizada em Marc Márquez no Hospital Ruber Internacional, quatro meses após a cirurgia para reparar uma pseudoartrose do úmero direito, observou-se uma condição clínica muito satisfatória, com progresso evidente no processo de consolidação do osso", explicou a Honda em nota.

"Na situação atual, Márquez pode voltar à competição, assumindo os riscos razoáveis que estão implícitos em sua atividade esportiva", acrescentou o comunicado.

O piloto comemorou a notícias em suas redes sociais. "Estou muito feliz! Visitei os médicos, e eles me deram luz verde para retornar à competição. Foram nove meses difíceis, com momentos de incertezas e altos e baixos, mas, agora, vou poder desfrutar da minha paixão novamente. Vejo vocês semana que vem em Portimão", disse.

O piloto da Honda foi inscrito na corrida de abertura do Mundial de Motovelocidade no Catar, mas os médicos acharam prudente não liberá-lo naquele momento. A etapa foi vencida pelo espanhol Maverick Viñales. Agora, porém, seu retorno foi confirmado.

Marc Márquez fraturou o braço direito na primeira etapa da temporada passada, na Espanha. Ele tentou um retorno na semana seguinte ao acidente, mas foi obrigado a abandonar a prova. A partir de julho, teve de ser submetido a três cirurgias, enfrentou uma infecção e passou por um enxerto ósseo.

Campeão da MotoGP na categoria principal em 2013, 2014, 2016, 2017, 2018 e 2019, Márquez, de 28 anos, soma 82 vitórias, 90 pole positions e 134 pódios, em uma carreira que começou na categoria 125cc, aos 15 anos.

Últimas