Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Viúva de Bryant será indenizada em R$ 148 milhões por divulgação de fotos de acidente

Astro do basquete americano e sua filha Gianna, de apenas 13 anos, morreram em 2020 em desastre fatal de helicóptero 

Mais Esportes|

Kobe Bryant e sua filha Gianna, de apenas 13 anos, morreram em acidente de helicóptero
Kobe Bryant e sua filha Gianna, de apenas 13 anos, morreram em acidente de helicóptero Kobe Bryant e sua filha Gianna, de apenas 13 anos, morreram em acidente de helicóptero

A família de Kobe Bryant entrou em um acordo com o Condado de Los Angeles e aceitou o valor de 28,5 milhões de dólares (R$ 148,2 milhões) como indenização pela divulgação de fotos do acidente de helicóptero que matou o astro de basquete e sua filha de 13 anos, Gianna, além de outras vítimas, em 2020. As imagens foram registradas e compartilhadas por bombeiros e policiais de Los Angeles.

O valor é o total da soma do acordo com o condado e a decisão de um juiz federal favorável a Vanessa Bryant, viúva de Kobe. O entendimento da Justiça é que as fotos invadiram a privacidade dela e lhe causaram estresse emocional. Vanessa já disse ter ataques de pânico em seu processo de luto e que chegou a acreditar que o marido e a filha ainda estavam vivos.

"O dia de hoje marca o culminar bem-sucedido da batalha corajosa da sra. Bryant para responsabilizar aqueles que se envolveram nessa conduta grotesca", disse o advogado da família Bryant, Luis Li, em um comunicado. "Ela lutou por seu marido, sua filha e todos aqueles na comunidade cuja família falecida foi tratada com o mesmo desrespeito", concluiu.

A decisão foi considerada "justa e razoável" por Mira Hashmall, advogada que representa o Condado de Los Angeles. "Nós esperamos que a senhora Bryant e toda a sua família continuem se recuperando dessa perda", afirmou.

Publicidade

MVP da temporada 2007/2008, Kobe Bryant foi cinco vezes campeão da NBA com o Los Angeles Lakers, única franquia que defendeu na carreira, e somou dois ouros olímpicos com a seleção dos Estados Unidos, em 2008 e 2012. Ele estava viajando com a filha Gianna e outras sete pessoas para um jogo de basquete juvenil quando o helicóptero que os transportava caiu em uma região montanhosa de Calabasas, cidade californiana do condado de Los Angeles.

Bombeiros e policiais que atenderam o caso tiram fotos dos corpos e dos destroços. As imagens foram compartilhadas entre funcionários do condado e de diversos departamentos do Corpo de Bombeiros. A defesa da família Bryant argumentou que as fotos não tinham propósito oficial ou investigativo e as classificou como mera "fofoca visual".

Sete vezes Lionel! Relembre todas as "caras" de Messi quando foi eleito o melhor do mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.