Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Tenista australiano assume agressão à ex-namorada e escapa de condenação

Nick Kyrgios compareceu na Corte de Camberra nesta sexta-feira (3) e juíza tratou caso como "único ato estúpido"

Mais Esportes|Do R7


No Aberto da Austrália, Nick Kyrgios abandonou a competição por uma lesão e precisou passar por cirurgia
No Aberto da Austrália, Nick Kyrgios abandonou a competição por uma lesão e precisou passar por cirurgia

O tenista Nick Kyrgios confessou, nesta sexta-feira (3), que agrediu a ex-namorada, Chiara Passari. O caso aconteceu em janeiro de 2021 e, apesar da confissão, foi arquivado por um tribunal de Camberra, na Austrália. O atleta escapou da condenação.

No tribunal, o australiano admitiu que empurrou a ex-namorada durante uma discussão entre os dois. Segundo documentos citados por uma emissora pública local, Kyrgios tentou abrir a porta de um táxi, mas foi impedido por Passari. O tenista, então, empurrou a jovem, que caiu e feriu o ombro e o joelho.

Durante a audiência, a juíza Beth Campbell ordenou para que o processo não constasse nos antecedentes criminais do número 20 do mundo. Ela acredita que o tenista tenha tido uma atitude ruim, porém se tratou de apenas "um único ato estúpido" de um jovem que buscou maneiras para sair de uma situação tensa. Na época, Kyrgios tinha 25 anos.

Campbell também reforçou que a atitude do atleta possui um baixo nível de gravidade, o que mostra que ele não repetirá os atos mais uma vez.

Publicidade

Com o caso arquivado, Nick seguirá a carreira no tênis normalmente. No Aberto da Austrália, em janeiro, o australiano deixou a competição após sofrer uma lesão. Poucos dias depois, passou por uma cirurgia no joelho e está em recuperação.

Tenista mais polêmico do mundo revela problemas com álcool no início da carreira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.