Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Surfista de ondas gigantes, brasileiro Márcio Freire morre em Nazaré

O veterano, de 47 anos, teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu aos ferimentos; é a primeira morte de um atleta no local

Mais Esportes|Do R7


Márcio Freire era um dos veteranos das ondas gigantes de Nazaré
Márcio Freire era um dos veteranos das ondas gigantes de Nazaré

O brasileiro Márcio Freire morreu nesta quinta-feira (5) após ter sofrido um acidente em uma onda gigante na cidade de Nazaré, em Portugal. O veterano descia um dos "paredões" da chamada praia do Norte quando se acidentou. De acordo com a Marinha, houve tentativas de reanimar o brasileiro, que teve uma parada cardiorrespiratória, mas Freire, de 47 anos, não resistiu aos ferimentos.

O corpo vai ser transportado para o Instituto de Medicina Legal de Leiria, segundo informações da imprensa portuguesa. O gabinete de psicologia da Marinha foi acionado para prestar apoio emocional aos familiares de Freire. É a primeira morte de um surfista no local.

"Lamentavelmente, nenhuma das manobras de suporte de vida teve sucesso, acabando o óbito por ser declarado no local", afirmou Mário Lopes Figueiredo, comandante da Capitania de Nazaré, à agência portuguesa Lusa.

Thiago Jacaré, amigo de Freire, usou as redes sociais para se despedir e prestar uma homenagem ao colega. A publicação foi feita na tarde desta quinta-feira. 

Publicidade

Freire fez parte do trio apelidado de Mad Dogs (Cachorros Loucos). Danilo Couto e Yuri Soledade, também baianos, completavam a trinca de veteranos que ficaram conhecidos por explorar as ondas gigantes sem equipamentos de segurança adequados.

Sendo uma lenda no surfe, o brasileiro desbravou o mundo através das ondas gigantes. Apesar da rentabilidade possível, Freire nunca levou o esporte para o lado profissional e, durante toda a vida, surfou por amor às pranchas e ao mar.

Publicidade

Leia a nota completa da Autoridade Marítima Nacional de Portugal:

Um homem de 47 anos, de nacionalidade brasileira, morreu nesta tarde depois de ter sofrido uma queda enquanto praticava surfe rebocado na praia do Norte, no concelho da Nazaré.

Na sequência de um alerta recebido pelas 16h20, através dos Bombeiros Voluntários da Nazaré, a informar para a queda de um surfista na praia do Norte, foram ativados de imediato para o local elementos do Comando-local da Polícia Marítima da Nazaré. Para o local deslocaram-se também elementos dos Bombeiros Voluntários da Nazaré e do INEM.

Publicidade

O surfista, um homem de 47 anos e de nacionalidade brasileira, foi resgatado para o areal pela mota de água de apoio à atividade, tendo os nadadores-salvadores verificado que a vítima se encontrava em paragem cardiorrespiratória, iniciando de imediato as manobras de reanimação até a chegada dos elementos dos Bombeiros Voluntários da Nazaré e do INEM, que prosseguiram com as manobras.

Após várias tentativas, não foi possível reverter a situação, tendo o óbito sido declarado no local pelos elementos do INEM. Foi contactado o Ministério Público, e o corpo foi transportado pelos Bombeiros Voluntários da Nazaré para o Instituto de Medicina Legal de Leiria.

O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima foi ativado para prestar apoio aos familiares da vítima.

O Comando-local da Polícia Marítima da Nazaré tomou conta da ocorrência.

De Majestade Pelé a Sílvio Lancellotti: mundo esportivo perde grandes nomes em 2022

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.