Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Jornalista causa revolta ao fazer piada sobre saúde de Michael Schumacher: 'Não pode se mexer'

Narrador da TV espanhola teve que se retratar após comentário sobre o heptacampeão da categoria, acamado desde 2013

Mais Esportes|Do R7


Michael Schumacher, em sua última corrida na Fórmula 1
Michael Schumacher, em sua última corrida na Fórmula 1

Um comentário feito pelo narrador da TV Espanhola Antonio Lobato sobre a condição de saúde do ex-piloto de Fórmula 1, Michael Schumacher, causou revolta nos fãs da categoria.

Após a etapa deste domingo (24), no GP do Japão, vencido por Max Verstappen, que praticamente assegurou mais um título em sua já vitoriosa carreira, Antonio participava de um programa local, comentando sobre a corrida, quando citou o ex-piloto alemão em uma piada.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

“Deixe Adrián Newey [diretor de engenharia da Red Bull] tremer porque Antonio Lobato está chegando”, declarou outro comentarista.

“Que treme o Michael [Schumacher]. Bem, o Michael não, porque ele não pode se mexer”, declarou Antonio Lobato.

Publicidade

Após a declaração feita ao vivo, muitos internautas demonstraram indignação com relação ao comentário do jornalista.

“Por favor, o demitam imediatamente. Estas declarações sobre um piloto gravemente ferido não podem ser toleradas no ar”; “Não é possível que você ria às custas da saúde de outra pessoa”; “António Lobato deveria ter o seu passe revogado permanente e imediatamente, comportamento absolutamente vergonhoso, inaceitável a qualquer nível”, foram alguns dos comentários.

Nesta segunda-feira (25), o narrador usou as redes sociais para se desculpar pela declaração. 

"Tenho que admitir que cometi um erro, sem má intenção, por pura falta de jeito (...) Eu não quis fazer piada, não quis rir de Schumacher. Todo mundo que me conhece sabe perfeitamente que eu nunca faria piada com algo assim, nunca. Eu queria dizer uma coisa e disse outra que não saiu bem", declarou Antonio.

O estado de saúde de Schumacher

No final de 2013, o heptacampeão da Fórmula 1 sofreu um grave acidente em uma plataforma de esqui, na Suíça. Schumacher bateu a cabeça em uma pedra, e entrou em coma.

Após mais de nove meses hospitalizado, o alemão passou a ser tratado em casa. Desde então, poucos detalhes foram informados sobre o seu atual estado de saúde, e poucas pessoas tiveram acesso a ele.

O jornalista suíço Roger Benoit, que cobre automobilismo, e mantinha amizade com Schumacher, declarou que o piloto alemão “é um caso sem esperança”:

"Só há uma resposta para essa pergunta, e foi seu filho Mick quem a deu, em 2022, em uma de suas raras entrevistas: 'Eu daria tudo para falar com o pai'. Esta frase diz tudo sobre o estado em que seu pai se encontra há mais de 3.500 dias. Este é um caso sem esperança", lamentou Benoit.

Estima-se que a família do ex-piloto gaste mais de R$ 20 milhões por ano em assistência médica.

Troféus, boné de Senna e capacetes: itens de Schumacher são leiloados por R$ 13 milhões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.