Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Equipe de saltos ornamentais chega ao Pan para melhorar desempenho de 2019 e mirando Paris-2024

Mais Esportes|Do R7

A seleção brasileira de saltos ornamentais chegou confiante nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile. Primeira delegação do País a conhecer a Vila Pan-Americana, a equipe composta por nove atletas espera melhorar o desempenho de Lima-2019, quando ganhou somente um bronze, sonhano ainda com mais vagas para os Jogos Olímpicos de Paris-2024.

Todas as medalhas da modalidade em Jogos Pan-Americanos foram conquistadas de 2003 em diante. São quatro pratas e quatro bronzes. Para garantir mais uma vaga na olimpíada pelo competição do Chile, é necessária a conquista do ouro, e a confiança é grande. O Pan distribuirá uma vaga ao vencedor das provas individuais de Trampolim 3m e Plataforma 10m, em ambos os gêneros.

Ingrid Oliveira e Isaac Souza já se classificaram para Paris-2024 pelo Mundial de Esportes Aquáticos, em Fukuoka, no Japão, mas sonham com o pódio. Quem briga por vaga olímpica são os demais integrantes da seleção brasileira: Rafael Fogaça, Anna Lúcia dos Santos, Diogo Silva, Giovanna Pedroso, Luana Lira, Rafael Max e Rebeca Santana.

"A expectativa é muito boa para os Jogos Pan-Americanos. Nossa equipe tem uma mescla interessante de saltadores jovens e experientes. Dos nove classificados, cinco fazem sua estreia no Pan. Ao mesmo tempo, temos Giovanna, Ingrid e Isaac, que já medalharam em edições anteriores. Então, esperamos que alguns atletas aproveitem a oportunidade para se consolidarem na seleção e que o Brasil volte de Santiago com ao menos uma medalha, o que vem ocorrendo desde Santo Domingo 2003", explicou Hugo Parisi, chefe de equipe da modalidade.

Publicidade

A equipe chegou à Vila Pan-Americana nesta segunda-feira, fazendo festa e confiante. "Foi incrível a chegada na Vila. Tivemos uma reunião de boas-vindas com a equipe do COB (Comitê Olímpico do Brasil) e recebemos todas as informações. Fomos os primeiros de toda a delegação brasileira a chegar, então já conhecemos os quartos, começamos a provar os uniformes. É pouco tempo ainda, mas estamos adorando e agora é iniciar os treinos", disse Rafael Fogaça, 19 anos, um dos cinco saltadores que faz sua estreia em Jogos Pan-Americanos e espera não decepcionar em Santiago.

A equipe de saltos ornamentais desembarcou na capital chilena no domingo à noite, pois iniciam as disputas antes mesmo da Cerimônia de Abertura dos jogos. Ingrid Oliveira e Giovanna Pedroso serão as primeiras atletas a competir. Na sexta-feira, às 11h (horário de Brasília), elas disputam individualmente as eliminatórias da Plataforma 10m.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.