Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Em clima de luto, seleção feminina de vôlei perde a 1ª no Pré-Olímpico

Partida foi marcada também por homenagens a Walewska. Campeã olímpica em Pequim 2008 faleceu na noite de quinta-feira

Mais Esportes|Do R7

Jogadoras entraram com faixa no braço em homenagem a Walewska
Jogadoras entraram com faixa no braço em homenagem a Walewska Jogadoras entraram com faixa no braço em homenagem a Walewska

Em clima de luto após a surpreendente morte de Walewska, a seleção brasileira feminina de vôlei sofreu sua primeira derrota no Pré-Olímpico, em Tóquio, no Japão. Na madrugada desta sexta-feira, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães foram superadas pela Turquia, uma das favoritas da competição, por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 29/27 e 25/19.

O revés manteve o Brasil na terceira colocação da tabela, agora mais distante da Turquia, a líder da competição. A equipe nacional soma 11 pontos, contra 15 do time turco. O anfitrião Japão, que ainda jogará nesta sexta, tem 12 e poderá superar a Turquia na tabela.

Apesar do tropeço, a seleção ainda depende apenas de si mesma para buscar a classificação olímpica para disputar os Jogos de Paris 2024. No Pré-Olímpico, avançarão apenas os dois primeiros colocados. Mas o Brasil tem confronto direto com o Japão, e as japonesas ainda vão enfrentar a equipe turca.

A partida desta sexta foi marcada fortemente pelo clima de luto, em razão da morte de Walewska, campeã olímpica nos Jogos de Pequim 2008. A jogadora de 43 anos faleceu na noite desta quinta-feira de forma inesperada.

Publicidade

A seleção, então, disputou a partida contra a Turquia sem esconder o abatimento pela triste notícia. As jogadoras entraram em quadra de mãos dadas e exibiam fitas e faixas no braço em referência à ex-jogadora da seleção. Houve 1 minuto de silêncio antes do início do jogo.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia no Telegram

O Brasil tentou virar a chave no primeiro set e fez boa apresentação, apesar da superioridade da Turquia. Mas a queda de ritmo foi surgindo aos poucos. O principal destaque brasileiro foi Gabi, responsável por 14 pontos. Rosamaria anotou 10. A maior pontuadora da partida foi Teresa Vargas, com 19. Eda Erdem Dündar contribuiu com 16.

Publicidade

A seleção feminina volta à quadra na madrugada deste sábado, às 4 horas, pelo horário de Brasília, para enfrentar a Bélgica. No domingo, pela rodada final, o adversário será o anfitrião Japão, em partida que pode definir a classificação do Brasil para a Olimpíada de Paris 2024.

Morte de Walewska: quem era a campeã olímpica de vôlei pela seleção que morreu aos 43 anos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.