Eduardo Baptista celebra vaga e diz que 'despertou' o Fluminense

Em má fase no Campeonato Brasileiro, o Fluminense surpreendeu e alcançou a vaga nas semifinais da Copa do Brasil na última quarta-feira, ao empatar por 1 a 1 com o Grêmio em Porto Alegre. Foi o primeiro grande resultado do recém-contratado Eduardo Baptista no comando da equipe, e ele explicou qual foi seu papel nesta classificação.

"Minha função era despertar. Acho que hoje despertamos. Sabemos como é difícil eliminar o Grêmio dentro da Arena e soubemos neutralizar suas forças principalmente no segundo tempo. Os jogadores acreditaram em tudo o que falamos. Todos muito empenhados, dedicados. E o resultado está aí. Falei para eles: temos oito dias para mudar a história. Começamos a construir uma nova história. Minha emoção está aí", disse ao fim do jogo.

Se no Brasileirão o Fluminense voltou a vencer no último sábado após oito jogos sem resultados positivos, na Copa do Brasil a equipe seguiu a toada e mostrou evolução. Diante de um Grêmio empurrado pela sua torcida, saiu na frente no primeiro tempo, sofreu o empate, mas conseguiu segurar a pressão. Agora, Eduardo Baptista espera que o time mantenha este crescimento.

"Teve muita conversa até agora. Não é qualquer equipe que chega aqui contra o Grêmio e faz o que nós fizemos. Eu só despertei o que estava ali, talvez desacreditado. Hoje, eles mostraram personalidade e têm que continuar jogando. Temos um jogo contra o Santos que é extremamente difícil e temos que continuar firmes", comentou, já mirando o duelo de domingo na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.