Dorival Júnior detona campo da Arena Joinville: 'Não foi futebol, foi uma guerra'

O treinador Dorival Junior não poupou críticas ao estado do gramado da Arena Joinville. No local, o Santos empatou sem gols contra o Joinville pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo, e o técnico santista ressaltou que a situação no campo foi crucial para o desempenho ruim de sua equipe.

"Prejudicou a qualidade do espetáculo. Na verdade não foi um jogo de futebol, foi uma guerra, uma briga constante durante 90 minutos. Ficamos impossibilitados de um melhor desempenho por conta do gramado. O Joinville está mais adaptado a esse tipo de jogo aqui dentro", afirmou o comandante santista.

Mas, apesar do empate contra o time que caiu para a lanterna do Brasileirão, o Santos voltou a ser beneficiado por resultados ruins de seus concorrentes e fechou a 34ª rodada no G4 da competição, agora com 54 pontos, um à frente do São Paulo, quinto colocado, que neste domingo caiu por 2 a 1 diante do Cruzeiro, no Mineirão.

E agora Dorival Júnior terá um longo tempo para preparar o time para o seu próximo jogo no Brasileirão, marcado apenas para o dia 19, contra o Flamengo, às 22 horas, na Vila Belmiro. Neste período até o duelo, o treinador não poderá contar com Ricardo Oliveira e Lucas Lima, que atuarão pela seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa, além de Gabriel e Zeca, que terão dois amistosos pelo seleção olímpica.