Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Em 100º jogo em Wimbledon da carreira, Djokovic supera Hurcakz e vai às quartas de final

Tenista enfrentará Andrey Rublev na próxima fase do torneio; sérvio já venceu o adversário em quatro ocasiões diferentes

Mais Esportes|Do R7

Djokovic venceu as últimas quatro edições de Wimbledon
Djokovic venceu as últimas quatro edições de Wimbledon Djokovic venceu as últimas quatro edições de Wimbledon

Atual tenista número 2 do mundo, Novak Djokovic se desgastou bastante, mas conseguiu vencer o polonês Hubert Hurcakz para avançar às quartas de final de Wimbledon. O duelo, centésimo do sérvio no Grand Slam britânico, começou na noite de domingo, mas foi interrompido por ter atingido o horário limite (23h) para a disputa de eventos esportivos no local e precisou ser encerrado nesta segunda-feira (10). O placar final foi de 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (8/6), 7/6 (8/6), 5/7 e 4/6.

Na próxima fase, o adversário de Djokovic será o russo Andrey Rublev, que eliminou Alexander Bublik nas oitavas, ainda no domingo. Será o quinto encontro entre os dois tenistas em torneios da ATP, e o sérvio defende um retrospecto positivo, com quatro vitórias e uma derrota.

O jogo foi suspenso no domingo quando o ex-número 1 do mundo vencia por 2 sets a 0, após duas duras batalhas no tiebreak. Conhecido por seu serviço impecável, Hurcakz foi derrotado em ambos os sets sem sofrer nenhuma quebra e manteve-se fiel à característica ao voltar para a quadra nesta segunda-feira. Assim, colocou 2 a 1 no placar e forçou o quarto set.

· Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

"Hubert jogou uma partida incrível, ótimo desempenho. Não lembro a última vez que me senti tão infeliz nas devoluções. É um dos melhores serviços do mundo. Não foi uma partida agradável para mim. Definitivamente, poderia ter terminado de outra forma, mas eu soube controlar meus nervos", afirmou Djokovic.

Publicidade

O sérvio só conseguiu quebrar o serviço do adversário no sétimo game da quarta parcial. A partir deste momento, viu o caminho ficar mais fácil para sacramentar a vitória em seu centésimo jogo em Wimbledon e perdeu apenas mais um game antes de fechar o triunfo por 6/4 e continuar sua jornada em busca de seu oitavo título do Grand Slam britânico.

MAIS JOGOS

Outros participantes das quartas de final foram definidos nesta segunda-feira. Daniil Medvedev, tenista número 3 do mundo, ganhava por 2 sets a 0 quando seu adversário, o checo JIri Lehecka, abandonou o jogo, por isso avançou. O próximo adversário do russo será o americano Christopher Eubanks, dono da 43ª posição do ranking, que supreendeu o grego top 5 Stefano Tsistipas com uma vitória por 3 sets a 2 após 3 horas de jogo. As parciais foram de 3/6, 7/6 (7/4), 3/6, 6/4 e 6/4.

Publicidade

Nas duplas, o brasileiro Marcelo Melo e o australiano John Peers venceram os franceses Sadio Doumbia e Fabien Reboul em sets diretos, parciais de 6/3 e 6/2. Com isso, avançaram às oitavas, fase em que vão enfrentar os holandeses Bart Stevens e Tallon Griekspoor. Rafael Matos, outros representante do Brasil nas duplas, foi eliminado ao lado do parceiro português Francisco Cabral, após derrota por 2 sets a 0 para os croatas Nikola Mektic e Mate Pavic.

Entre as mulheres, após o dia começar com a dramática desistência de Bia Haddad frente à atual campeã Elena Rybakina, em razão de dores nas costas, a belarussa Aryna Sabalenka avançou às quartas de final após bater a russa Ekaterina Alexandrova com tranquilidade, parciais de 6/3 e 6/0. Ela enfrentará a americana Madison Keys, que eliminou a fenômeno russa Mira Andreeva, de 16 anos.

Fim de uma era! Rafael Nadal não está entre os 10 melhores tenistas do mundo após 17 anos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.