Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Djokovic supera Alcaraz e retoma liderança do ranking da ATP

O tenista sérvio tem 380 pontos de vantagem sobre o jovem espanhol, que havia conquistado a liderança após o Rio Open

Mais Esportes|Do R7


Novak Djokovic não competiu o Masters 1000 de Miami por estar impedido de entrar nos EUA, por falta de vacina
Novak Djokovic não competiu o Masters 1000 de Miami por estar impedido de entrar nos EUA, por falta de vacina

Mesmo sem ter entrado em quadra nas últimas semanas, o tenista sérvio Novak Djokovic retomou a liderança do ranking, na atualização desta segunda-feira (3). Ele desbancou mais uma vez o espanhol Carlos Alcaraz, com quem vem se revezando no topo nos últimos meses. Alcaraz caiu para o segundo posto.

Djokovic retomou a ponta porque o rival espanhol não conseguiu defender, na semana passada, os pontos conquistados no Masters 1000 de Miami do ano passado. Vencedor em 2022, desta temporada ele foi eliminado na semifinal. Com o desconto, foi superado pelo sérvio por 380 pontos.

Outro destaque da lista é o russo Daniil Medvedev. Trata-se do tenista que mais venceu partidas no ano até agora e o que mais levantou troféus. Foram quatro até o momento: Rotterdã, Doha, Dubai e Miami. O título obtido no domingo (2), nos Estados Unidos, fez com que o russo ganhasse mais um posto no Top 10 e alcançasse o quarto lugar. Ele já lidera o ranking do ano, que define os classificados para o ATP Finals, no fim da temporada.

Também subiram o russo Andrey Rublev (uma colocação) e o italiano Jannik Sinner (duas), vice-campeão em Miami. O norueguês Casper Ruud e o canadense Felix Auger-Aliassime caíram uma posição cada um. Já o polonês Hubert Hurkacz perdeu três postos e deixou o Top 10.

Publicidade

O brasileiro Thiago Monteiro sustentou o 81º lugar. Já Felipe Meligeni Alves deu um salto de 14 posições e agora aparece em 150º. Entre os demais brasileiros, Thiago Wild e Matheus Pucinelli vêm logo em seguida, no 230º e no 288º postos.

Feminino

A polonesa Iga Swiatek completou um ano na liderança da WTA, mesmo sem ter entrado em quadra em Miami. O Top 10 contou com apenas duas mudanças. A grega Maria Sakkari e a checa Petra Kvitova galgaram uma e duas posições, respectivamente. Dona de dois títulos em Wimbledon, a tenista da República Checa retornou ao Top 10.

Publicidade

Entre as brasileiras, Beatriz Haddad Maia manteve o 14º lugar. Nas duplas, tanto ela quanto Luisa Stefani conquistaram um posto cada uma. Bia aparece no 20º lugar, enquanto Luisa está em 27º.

Leia também

Confira a lista dos 10 melhores do ranking masculino:

1º - Novak Djokovic (SER), 7.160 pontos.

Publicidade

2º - Carlos Alcaraz (ESP), 6.780

3º - Stefanos Tsitsipas (GRE), 5.770

4º - Daniil Medvedev (RUS), 5.150

5º - Casper Ruud (NOR), 5.005

6º - Andrey Rublev (RUS), 3.470

7º - Felix Auger-Aliassime (CAN), 3.450

8º - Holger Rune (DIN), 3.370

9º - Jannik Sinner (ITA), 3.345

10º - Taylor Fritz (EUA), 3.065

Confira a lista do Top 10 feminino:

A polonesa Iga Swiatek perdeu a vantagem após desistir do Masters 1000 de Madri e pode perder a liderança
A polonesa Iga Swiatek perdeu a vantagem após desistir do Masters 1000 de Madri e pode perder a liderança

1º - Iga Swiatek (POL), 8.975

2º - Aryna Sabalenka (BEL), 6.945

3º - Jessica Pegula (EUA), 5.605

4º - Caroline Garcia (FRA), 4.990

5º - Ons Jabeur (TUN), 4.866

6º - Coco Gauff (EUA), 4.346

7º - Elena Rybakina (CAS), 4.305

8º - Daria Kasatkina (RUS), 3.375

9º - Maria Sakkari (GRE), 3.191

10º - Petra Kvitova (RCH), 3.162

Fim de uma era! Rafael Nadal não está entre os 10 melhores tenistas do mundo após 17 anos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.