Com Samudio recuperado, Paraguai treina um dia após eliminar o Brasil

Concepción (Chile), 28 jun (EFE).- A seleção paraguaia voltou a treinar já neste domingo, um dia depois de eliminar o Brasil da Copa América, e teve como principal novidade a volta do lateral-esquerdo Miguel Samudio, recuperado de lesão, e a reaparição do meia Néstor Ortigoza, após uma semana sem ir a campo. A atividade de hoje, realizada na cidade de Concepción, foi exclusiva para os atletas que não participaram do jogo das quartas de final. Os titulares contra a equipe de Dunga ganharam dia de folga e puderam ficar descansando no hotel. Samudio, que se recuperou de edema no músculo adutor da coxa esquerda, treinou normalmente. O ex-jogador do Cruzeiro se contundiu na segunda partida dos paraguaios na competição continental, em vitória sobre a Jamaica por 1 a 0. Desde então, Ivan Piris passou a atuar improvisado em seu lugar. Ortigoza, por sua vez, reapareceu em atividade após uma semana afastado, mas ainda não tem liberação total para entrar em campo. O meia do San Lorenzo correu em volta do gramado, mas não participou do trabalho com bola. A previsão da comissão técnica da 'Albirroja' é que o titular da equipe montada por Ramón Díaz só estaria disponível para atuar em caso de chegada à final, marcada para acontecer no dia 4 de julho, em Santiago. O Paraguai enfrentará nesta terça-feira às 20h 30 (horário de Brasília), a Argentina em Concepción. Na fase de grupos, as duas seleções já duelara e ficaram empate em 2 a 2. EFE atc/bg (vídeo) (foto)