Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Com 'presença' e previsão de Kobe Bryant, camisa de Gasol é aposentada nos Lakers

Time homenageou o ídolo espanhol durante o jogo e reproduziu um vídeo do Black Mamba ao amigo, que ficou emocionado

Mais Esportes|

A viúva de Kobe, Vanessa Bryant, compareceu na noite de homenagens para Pau Gasol, ídolo dos Lakers
A viúva de Kobe, Vanessa Bryant, compareceu na noite de homenagens para Pau Gasol, ídolo dos Lakers A viúva de Kobe, Vanessa Bryant, compareceu na noite de homenagens para Pau Gasol, ídolo dos Lakers

A temporada regular de altos e baixos vivida pelo Los Angeles Lakers ganhou um episódio formidável na noite de terça-feira (7). A franquia californiana venceu o Memphis Grizzlies por 112 a 103, colocou-se dentro da zona de classificação ao play-in e experimentou a emoção de homenagear o ídolo Pau Gasol com a aposentadoria da camisa 16, número utilizado pelo espanhol durante sua vitoriosa passagem pela equipe.

Gasol, que encerrou a carreira em 2021, jogando pelo Barcelona, também jogou pelos Grizzlies, mas foi nos Lakers que fez história, com os títulos da NBA nas temporadas 2008/2009 e 2009/2010. Lá, firmou uma parceria avassaladora com o lendário Kobe Bryant, morto em um acidente de helicóptero em 2020, junto da filha Gigi.

Durante a homenagem, realizada no intervalo da partida, Vanessa Bryant, mulher de Kobe, apareceu em vídeo introduzindo imagens inéditas do marido prevendo que um dia Gasol teria o número eternizado no mural dos Lakers ao lado do seu. "Pau era especial para Kobe como companheiro de time, como homem e como amigo. Pablo, Kobe previu que vocês estariam juntos no mural. Aqui está um vídeo que eu gostaria que você assistisse", diz Vanessa, antes da exibição do recado de Kobe.

"Não há debate. Quando você se aposentar, você terá seu número no mural ao lado do meu. A realidade é que eu não teria vencido aqueles campeonatos sem Pau. Todos sabem disso. Estou mesmo ansioso pelo dia em que ele estará, fazendo seu discurso na quadra em frente aos torcedores. Vai ser incrível", afirma o ala-armador na gravação.

Continua após a publicidade

A previsão se cumpriu. A camisa 16 de Gasol foi estendida ao lado esquerdo do número 24 usado por Kobe Bryant, que também já usou o número 8, igualmente eternizado pelos Lakers. As referências a Kobe deram um tom a mais de emoção para a cerimônia e tiraram lágrimas do homenageado da noite.

"Te amo, irmã. Orgulhoso de ser seu irmão e de ser um tio para suas filhas", disse o espanhol, agradecendo Vanessa. "Com Kobe lá em cima, há algo significativo e poderoso, triste e feliz, doloroso e alegre, são muitos sentimentos", afirmou o espanhol. "Ele é o irmão que me fez melhorar, me inspirou, me fez ser um jogador melhor e um homem melhor no geral. Sinto falta dele assim como muitos de vocês. Queria que ele estivesse aqui com a Gigi, queria muito, mas acredito que ele está orgulhoso e olhando para este momento. Te amo, irmão", concluiu.

Continua após a publicidade

Estrela do basquete europeu, Gasol deixou o ego de lado ao chegar no Los Angeles Lakers e foi um jogador de equipe, complementando o brilho de Kobe com seu jogo versátil para tornar a franquia californiana um fenômeno na NBA. Fora de quadra, os dois cultivavam uma forte amizade.

O JOGO

Foi o próprio Gasol quem escolheu esta terça como o dia para a homenagem, justamente pelo adversário ser o Grizzlies, time no qual deu os primeiros passos na NBA. Na Crypto.com Arena, assistiu a um show de Anthony Davis, autor de 30 pontos e 22 rebotes durante a vitória por 112 a 103 dos Lakers, resultado que alçou a franquia ao nono lugar da Conferência Oeste. Já os Grizzlies, sem Ja Morant, suspenso por fazer uma live exibindo uma arma, perderam a segunda colocação para o Sacramento Kings.

Veja detalhes da camisa de Kobe Bryant que foi leiloada por R$ 31 milhões

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.