Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Altas temperaturas fazem campos de gelo do Parque Nacional Torres del Paine colapsar

O campo de gelo da Patagônia Austral, que cobre mais de 12.000 quilômetros quadrados no sul da Argentina e do

Blog de Escalada

Blog de Escalada|Do R7

O campo de gelo da Patagônia Austral, que cobre mais de 12.000 quilômetros quadrados no sul da Argentina e do Chile, teria se dividido em dois, com grandes seções quebrando as geleiras em Torre del Paine. O campo de gelo da região é três vezes maior que o da Patagônia Norte. Gino Casassa, diretor da Divisão de Neve e Geleiras na DGA, autoridade de Águas do Chile, declarou à agência de notícias Reuters que as altas temperaturas ao longo da Cordilheira dos Andes resultaram em menos queda de neve, as quais são necessárias para diminuir o derretimento destes campos de gelo.

Campos de gelo é a designação dada às massas de gelo com menos de 50 000 km² de superfície, geralmente situadas em regiões de climas frios e altitudes elevadas nas quais ocorre precipitação em forma de neve suficiente para permitir a sua formação. Estes campos de gelo são constituídos por uma grande acumulação de neve e são geralmente áreas extensas e cobertas por glaciares de vale interligados.

Casassa disse que todo o campo de gelo da Patagônia Austral se dividiu em dois e provavelmente serão descobertas novas divisões no sul. No Parque Nacional Torres del Paine no Chile, dois grandes icebergs romperam o Glaciar Grey (geleira no campo de gelo do sul da Patagônia, a oeste da Cordilheira del Paine), uma das principais características do gelo na região. A peça de gelo que se desprendeu possui mais de 200 quilômetros quadrados.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.